Chris Pratt escreve carta de “pré-desculpas” antes das entrevistas de Jurassic World

Chris Pratt em Jurassic World

Cinema

Chris Pratt escreve carta de “pré-desculpas” antes das entrevistas de Jurassic World

Chris Pratt, o Star Lord de Os Guardiões da Galáxia, começa nessa segunda-feira (25/5) a sua turnê de imprensa mundial para promover o filme Jurassic World, onde atua como protagonista da história.

Essas turnês envolvem dias de entrevistas do ator com diversos meios de comunicação, visitas a talk-shows e uma série de atividades criadas para fazer com que Chris Pratt e, por consequência, Jurassic World, sejam notícia em todos os lugares onde o longa deve estrear.

Durante essas entrevistas, é comum que os astros de Hollywood “se metam” em “alguma confusão”. Por exemplo, durante a promoção de Vingadores: Era de Ultron, Jeremy Renner e Chris Evans acabaram fazendo algumas piadas sexistas e tiveram de pedir desculpas depois.

Robert Downey Jr., o Homem de Ferro, se desentendeu com um jornalista que decidiu perguntar sobre o seu passado problemático e abandonou a entrevista.

Ele também fez algumas declarações sobre cinema independente que não caíram bem com cineastas e fãs pelo mundo.

Sabendo do risco disso acontecer – e já aproveitando para fazer uma brincadeira/protesto com a necessidade de criar polêmica em cima de nada para vender jornal ou ganhar clicks – Pratt aproveitou o início da sua turnê para divulgar uma carta de “pré-desculpas” por qualquer confusão que possa criar durante essas entrevistas.

Primeiro ele divulgou uma carta emocionante sobre Jurassic World e seu trabalho no longa:

“Estou prestes a embarcar numa turnê de imprensa global para Jurassic World. Vi o filme ontem e AMEI ABSOLUTAMENTE!

Jurassic World é um filme tão lindamente executado por Colin Trevorrow e pelas pessoas da Universal que me deixou completamente sem palavras. É um projeto enorme em cada aspecto, uma iniciativa comercial massiva que deve ser testemunhada num cinema IMAX se possível, simplesmente por causa da magnitude dos seus feitos tecnológicos. A história é fantástica, os personagens são atraentes, a ação é merecida e verdadeiramente sem precedentes. Pegue seus filhos, família, amigos, namoradas, namorados, avós, carteiros, etc, arranje um pouco de pipoca e crie memórias que todos vocês vão lembrar para sempre.

AGORA…

Nem preciso dizer que vocês vão me ver muito por aí na imprensa durante as próximas semanas, enquanto eu viajo pelo mundo promovendo o filme em diferentes mercados pelo planeta. Com a mídia social sendo como é e o marketing online atrás de clicks, vocês terão lugares na primeira fila para toda a ação promocional que vocês quiserem. Terá muita ação promocional. Eu ousaria dizer que teremos ação até demais se você realmente parar para ver tudo? Eu sugiro que não faça isso, mas é com você.

Se ficar chato ou você cansar da minha cara, lembre-se que você pode sempre fazer o que eu fiz enquanto esperava pelo primeiro Jurassic Park estrear: vá pra rua e brinque com dinossauros imaginários! Eles são muito legais e de graça!!! E depois que seus filhos, irmãozinhos, irmãzinhas, sobrinhos, netos, vizinhos estranhos e outros, etc, verem nosso filme, é o que eles farão de qualquer jeito, então comece a praticar agora! Pegue ciência, adicione uma pitada de imaginação, 40 toneladas de suspense e você obtém uma experiência que define uma geração!.

Bem, vejo vocês na imprensa. Amo vocês.

Chris

PS: Eu escrevi essa porcaria. Não um publicitário ou o estúdio. Eu. Então o filme definitivamente tem meu selo de aprovação”.

Depois do recado sobre o longa, ele aproveitou para fazer graça com a sua carta de desculpas antecipadas.

Veja:

Eu gostaria de pedir desculpas emocionado por qualquer coisa que eu tenha acidentalmente dito durante a vindoura turnê de imprensa de Jurassic World. Espero que vocês entendam que não foi nunca minha intenção ofender alguém e eu estou arrependido de verdade. Juro. Eu sou o cara mais legal do mundo e me arrependo mesmo pelo que eu (acidentalmente) disse nas vindouras entrevistas.

Eu não estou no mercado de pedir desculpas. Sou só burro. Simples assim. Eu tento. Eu tento DE VERDADE! Quando eu (potencialmente) cometo um ato ofensivo pelo qual estou agora pedindo desculpas (antecipadas), vocês devem entender que eu (provavelmente) estava cansado e exausto quando eu (potencialmente) disse aquela coisa que eu (teria) dito que (teria) ido longe demais. 

Essas salas de entrevistas podem ficar cheias e as equipes que trabalham nessas entrevistas precisam de um pouco de entretenimento! (Provavelmente) eu estava tentando animá-los quando eu (teria feito) esse comentário de mal gosto e pouco profissional. Confiem em mim. Eu sei que vocês não podem mais confiar em mim. Na verdade, minha opinião é que nunca foi justificável dizer a coisa que eu definitivamente não quero, mas provavelmente terei dito. 

Para aqueles que eu (terei) ofendido, por favor vejam o quão arrependido de verdade eu já estou. Eu estou completamente ciente do fato que meu erro iminente e vindouro, uma gafe (provavelmente) apelidada de JurassicGate, não é (provavelmente) de jeito nenhum um motivo de graça. Para aqueles que eu (provavelmente terei) ofendido, fiquem tranquilos que farei tudo em meu poder para garantir que isso não aconteça (de novo).”

Bom, desculpas antecipadas feitas e desculpas antecipadamente aceitas.

Continuar lendo
Publicidade
Leandro de Barros

Campeão de Chess-Boxing por W.O. da minha rua, nerd de nascença, babaca por opção. Depois de muito analisar a sociedade moderna, só tenho uma coisa a dizer: með þýðandi? Veik!

Deixe seu comentário!

Mais em Cinema

To Top