Diretores de Uma Aventura LEGO e Anjos da Lei vão comandar filme do Han Solo

Han Solo e Chewbacca em O Despertar da Força

Cinema

Diretores de Uma Aventura LEGO e Anjos da Lei vão comandar filme do Han Solo

Gareth Edwards, diretor do novo Godzilla, vai comandar um dos spin-offs de Star Wars que a Disney planejou junto com a Lucasfilm.

Basicamente, o plano das duas empresas é o seguinte:

Depois disso, só Yoda sabe o que vai acontecer. Provavelmente teremos mais Star Wars de alguma forma, claro. Deve ser mais alguns filmes spin-off para depois vir outra trilogia.

Mas isso não é o importante aqui. O importante é que aquele Star Wars Anthology de 2018 já tem persongem protagonista definido E diretores.

A Variety divulgou o press release da Disney confirmando que a dupla Phil Lord e Christopher Miller, dos ótimos Tá Chovendo Hamburguer, Anjos da Lei e Uma Aventura LEGO, foi contratada para assumir o comando de um filme do Han Solo.

O longa vai contar a história por trás do contrabandista e patife mais calhorda que a galáxia já viu. Vamos (provavelmente) conhecer sua infância, seus sonhos despedaçados e suas motivações para pegar uma nave espacial e viajar pela galáxia ao lado do seu fiel amigo Chewbacca.

Ainda não há ator contratado para viver o papel do Han Solo jovem, mas as pessoas já querem o Chris Pratt como novo Indiana Jones, coloquem ele logo como o novo Han Solo também – ele já não faz esse papel em Os Guardiões da Galáxia?

Seja como for, é bem interessante ver como a Disney tem apostado em jovens talentos para liderar essa nova fase de Star Wars.

O Episódio VII foi para as mãos de J.J. Abrams que, apesar de não ser um “jovem talento”, é relativamente mais novo que a média dos cineastas norte-americanos (tem 49 anos). Depois, temos Gareth Edwards (40 anos) com Rogue One e Rian Johnson (42) com o Episódio VIII.

Agora temos Phil Lord e Christopher Miller (ambos com 40) cuidando do filme do Han Solo.

Essa é a Disney apostando numa geração que cresceu com a primeira trilogia, provavelmente foi para o mundo do cinema POR CAUSA de Star Wars, se decepcionou com a segunda trilogia e agora tem a chance de usar a ligação da franquia com seus fãs para expandí-la nos cinemas.

De boba, a Disney não tem nada.

Leandro de Barros

Campeão de Chess-Boxing por W.O. da minha rua, nerd de nascença, babaca por opção. Depois de muito analisar a sociedade moderna, só tenho uma coisa a dizer: með þýðandi? Veik!

Deixe seu comentário!

Mais em Cinema

To Top