Filme do Deadpool é banido na China

Cinema

Filme do Deadpool é banido na China

Hoje em dia, o mercado da China é um dos mais importantes mercados para Hollywood. É de lá que os estúdios americanos tiram algumas centenas de milhões de dólares e, até por isso, é um mercado que começa a influenciar diretamente a parte criativa de Hollywood. Mas não com Deadpool.

A Marvel topou colocar personagens e cenas em países asiáticos, como a China em Homem de Ferro 3 e a Coreia do Sul em Vingadores: Era de Ultron. A Paramount filmou Transformers: A Era da Extinção na China também para pegar apoio nesse mercado. O grupo chinês Dalian Wanda comprou a Lionsgate por $ 3,5 bilhões de dólares recentemente. Mas nem toda essa influência chinesa e asiática em Hollywood conseguiu abrir as portas do mercado chinês para Deadpool.

Segundo o The Hollywood Reporter, que se baseou em algumas publicações chinesas e num fonte própria, o divisão de censura da China negou o lançamentode Deadpool no paíspor causa da sua violência, linguagem gráfica e nudez. Normalmente, a equipe que avalia os filmes americanos na China trabalha com Hollywood para garantir que os longas possam ser lançados no país, cortando o que seria ofensivo para a China, mas dessa vez cortar esse material criaria buracos na trama do longa que tornaria o filme incompreensível.

É bem comum que filmes internacionais tenham de ser “picotados” para estrear no mercado chinês. Recentemente, dois casos ficaram famosos: uma cena de Missão Impossível: Nação Secreta teve de ser retirada da versão chinesa do longa por conter uma frase que seria prejudicial para a imagem de Xangai, enquanto 007 Contra Spectre teve uma cena removida em que James Bond (Daniel Craig) mata um segurança chinês, já que a equipe de censura não toleraria a imagem de um estrangeiro assassinando um chinês.

Sem dúvidas que essa notícia é um baque enorme para as expectativas de Deadpool dar lucro, especialmente por causa dos seus muitos anos na geladeira justamente porque a Fox não acreditava que o longa pudesse ser lucrativo E para maiores de 18 anos. Vamos ver como o filme se sai sem o apoio da China.

Continuar lendo
Publicidade
Leandro de Barros

Campeão de Chess-Boxing por W.O. da minha rua, nerd de nascença, babaca por opção. Depois de muito analisar a sociedade moderna, só tenho uma coisa a dizer: með þýðandi? Veik!

Deixe seu comentário!

Mais em Cinema

To Top