Fox remove Quarteto Fantástico 2 do seu calendário

Fox tira Quarteto Fantástico 2 do seu calendário de lançamentos e franquia fica na geladeira por tempo indeterminado

Cinema

Fox remove Quarteto Fantástico 2 do seu calendário

Quarteto Fantástico foi um dos grandes fracassos de 2015. O filme da 20th Century Fox custou $120 milhões de dólares fora os custos de marketing e distribuição e só arrecadou $167 milhões pelo mundo todo, um resultado muito abaixo do esperado por todos. Ainda assim, a 20th Century Fox mantinha o lançamento da sua sequência, Quarteto Fantástico 2, para 2017.

Até hoje, pelo menos.

Hoje, a 20th Century Fox anunciou que retirou Quarteto Fantástico 2 do seu calendário de futuros lançamentos. O filme, que estava marcado para o dia 9 de junho de 2017, agora só tem o filme Guerra Mundial Z 2, da Paramount, para ser lançado.

Com essa remoção de Quarteto Fantástico 2 do calendário, fica a impressão de que o filme foi cancelado, mbora não seja necessariamente esse o caso. O fato é que o Quarteto Fantástico 2 que se tinha ideia não existe mais. Talvez nunca existiu e a Fox só anunciou o filme para que os expectadores tivesse confiança e fossem atrás de ver o primeiro longa.

Agora é possível que o estúdio tente repensar os personagens depois do retumbandte fracasso de público e crítica desse filme ou talvez até mesmo negociá-los com a Marvel Studios, quem sabe?

Seja como for, o espaço está vazio e agora a Fox vai ter de se desdobrar para encontrar um projeto para suprir esse espaço vago e trabalhar para manter o faturamento do estúdio em alta. É possível que assim o estúdio se anime em apostar em algumas franquias do Universo Mutante que ainda não saíram do papel, como o filme da X-Force ou algum outro spin-off dos X-Men.

Por enquanto, vamos aguardando por novidades sobre Quarteto Fantástico 2 e sobre a franquia em geral nos cinemas. O que será da Primeira Família da Marvel? Só o tempo dirá…

Continuar lendo
Publicidade
Leandro de Barros

Campeão de Chess-Boxing por W.O. da minha rua, nerd de nascença, babaca por opção. Depois de muito analisar a sociedade moderna, só tenho uma coisa a dizer: með þýðandi? Veik!

Deixe seu comentário!

Mais em Cinema

To Top