Lego Batman – O Filme | Crítica

Cinema

Lego Batman – O Filme | Crítica

Seja sempre você mesmo. A não ser que você possa ser o Batman.”

Essa máxima que aparece em um dos cartazes de Lego Batman – O Filme (2017, 104 minutos, direção de Chris McKay ) resume bem toda a mitologia em cima do super-herói mais angustiado e sombrio dos quadrinhos: ele é imbatível, cheio de si, bilionário e possui gadgets irados – ou seja, todo mundo queria ser o Batman!

Surgido em 1939, o morcego era um herói violento que não hesitava em matar seus oponentes – ele usava até uma pistola! Mas para se adequar ao público alvo (as crianças) o personagem foi suavizado a partir da criação do Robin, o Menino-Prodígio. Depois passou por altos e baixos de popularidade e vendagem até ser salvo do cancelamento pelo seriado de TV dos anos 1960; assumidamente pop e caricato.

Essa persona engraçadinha passou para as hq’s, mas no início dos anos 1970 alguns autores decidiram que era hora de resgatar a verdadeira essência do herói. A partir daí, Batman se tornou cada vez mais sombrio e distante, um homem traumatizado e obcecado em cumprir um juramento que fez diante do túmulo de seus pais.

Toda essa carga sombria transformou o morcego em um herói bastante popular. Quando foi adaptado para as telonas em 1989 por Tim Burton tornou-se um produto ainda mais rentável. Nos quadrinhos, o Batman ficou cada vez mais imbatível e autossuficiente, mesmo não tendo superpoderes. Com sua astúcia, agilidade e inteligência ele é capaz de enfrentar e, ás vezes, derrotar o mais poderoso dos inimigos.

Batman roubou a cena no excelente Uma Aventura Lego (2014, dirigido por Phil lord e Christopher Miller) e depois de estrear alguns curtas televisivos da franquia Lego ao lado de outros heróis da DC Comics, chega agora num longa metragem todinho seu.

Sinopse – Lego Batman

A trama tem início com o ataque em larga escala de praticamente todos os vilões da galeria do Batman (Will Arnett) à Gotham City, liderados pelo Coringa (Zach Gafilianakis)!

Claro que o Batman aparece e enfrenta os vilões usando toda a sua agilidade, inteligência e charme, além, claro, dos seus gadgets. Todo cheio de si, sempre se gabando de suas capacidades de luta e do seu porte físico (ele chega a contar os gominhos abdominais numa cena hilária), é claro que o herói consegue derrotar todos os seus inimigos.

No processo, ele tem uma DR com o Coringa, que sai arrasado da luta.

Aclamado pela população e pelo Comissário Gordon (Héctor Elizondo), Batman volta para sua caverna, reassume a identidade de Bruce Wayne e comemora sua vitória. Sozinho. Apesar de ser o maior herói do planeta (ele se acha mesmo…) ele não tem ninguém com quem conversar após suas aventuras. A não ser, claro, seu mordomo Alfred Pennyworth (Ralph Fiennes), que tenta colocar um pouco de juízo em sua cabeça pedindo para ele ser mais sociável e voltar a ter uma família.

Depois de acidentalmente adotar uma criança órfã (Dick Grayson, dublado por Michael Cera), Batman sofre um revés na sua luta contra o crime. De repente, ele não tem mais utilidade e a nova comissária de polícia de Gotham, Bárbara Gordon (Rosario Dawson), declara que a cidade não precisa mais dele.

A partir daí, o herói mais metido e presunçoso do planeta precisa provar a Gotham e a si mesmo de que ainda é útil e que não precisa da ajuda de ninguém. Será mesmo?

Referências!!!

Lego Batman é um filme do Batman, mas não só dele. Claro que o universo do morcego domina, mas outros universos criativos são citados, principalmente quando novos vilões chegam à cidade – tem até referências a um certo Doutor

Em relação ao morcego, TODOS os filmes do herói são citados e uma tonelada de piadas sobre seu universo aparece! Apesar do enredo simples, o filme é um prato cheio para nerds mais velhos que cresceram acompanhando o Morcego nos quadrinhos, animações, cinema e games – algumas referências são tão hard que escutei um garotinho perguntando ao pai o que estava acontecendo em alguns momentos. J

Misturando na medida certa humor, ação, nostalgia e drama, Lego Batman O Filme é um dos acertos da Warner neste ano, até porque o Batman do filme, apesar de ser representado por um boneco Lego, É O BATMAN que nós conhecemos (só que com um pouquinho de humor) a tantos anos. Afinal, você conhece super-herói mais metido a besta do que o Homem-Morcego?

Corra e vá assistir (e chore de rir com uma das senhas de acesso à Batcaverna!).

Lego Batman Trailer

NOTA

5 canecas de café com leite!

Continuar lendo
Bruno Alves

Bruno Alves é professor, rabisca de vez em quando uns desenhos por aí e tem sempre uma música tocando em off na cabeça, mesmo quando não está usando headphones. E sim, ele gosta dos Titãs.

Deixe seu comentário!
Publicidade

Artigos mais vistos

Publicidade
To Top