3 Geeks que salvaram o dia nos games

Games

3 Geeks que salvaram o dia nos games

Nós gamers estamos mais do que habituados a controlar toda sorte de heróis (e anti-heróis). Ninjas, super-soldados, mercenários, deuses, matadores de deuses, cavaleiros, ciborgues, aventureiros… Pode falar o tipo, provavelmente já passou pelas nossas telas. Seguindo a vibe do dia do Orgulho Geek, venho falar sobre um tipo específico de herói, um que se assemelha muito mais a nós mesmos. Falo de heróis Geeks.

É comum nos games o herói ter um(a) aliado(a) nerd/geek que o auxilia com questões que requerem maior sutileza. No entanto, poucas vezes o geek é quem assume o papel de protagonista. Vejamos três heróis geeks que fazem jus ao nosso título!

1. Scott Pilgrim (Scott Pilgrim vs The World: The Game)

 Scott Pilgrim vs The World - The Game 

Quem diria! Além de protagonista, um geek tem seu nome estampado no título do game (e do filme, e dos quadrinhos…Scott Pilgrim é um hit entre os geeks e principalmente gamers por protagonizar um típico geek em um enredo típico de um game, com referências a vários clássicos espalhados por toda parte.

O game em si é um Beat ‘em up nos moldes de Streets of Rage e Final Fight, com um nível de dificuldade que não deixa nada a dever aos jogos daquela época. Mantendo-se fiel às suas raízes, o game permite 4 players simultâneos e possui vários Cheats que habilitam novos modos, por exemplo. O grande defeito é a ausência de um modo online. Disponível para download na PSN e XBLA.

 

2. Mao (Disgaea 3)

Disgaea-3-Absence-of-Detention-7

Mao é o nosso clássico CDF megalomaníaco, só que às avessas. Número 1 no quadro de honra da Evil Academy (Colégio do Mal) e filho do diretor, obteve esse título por faltar todas as aulas, nunca fazer o dever de casa e ignorar todas as regras. Seu EQ (Evil Quotient – Coeficiente de Maldade) é de 1.8 milhões. No entanto, mesmo com toda essa maldade, Mao decide por se tornar um herói para derrotar o seu pai, pois a lógica dita que são sempre os heróis que triunfam sobre o mal. Porque essa raiva toda do velho? Na infância, Mao teve seus videogames quebrados pelo pai. Uma motivação nobre!

Disgaea 3 é um RPG de estratégia baseada em turnos e perspectiva isométrica. É o mesmo estilo visto no clássico Final Fantasy Tactics, mas com números (bastante) avacalhados e uma dose de humor que costuma agradar mais aos fãs do jeito japonês. O game está disponível para PS3 há alguns anos e é relativamente fácil de encontrar por um preço acessível. Um remake será lançado para PSVita em breve.

 

3. Travis Touchdown (No More Heroes 1 e 2)

Travis Touchdown

Esse é o geek com quem mais me identifico nos games. Gamer? Check. Competitivo? Check. Confiante? Check. Se mete em todo tipo de furada por causa de um rostinho bonito com sotaque diferente? Vou deixá-los imaginando. Absolutamente Check.

Já falei sobre No More Heroes aqui antes e sob o risco de ser repetitivo, os dois games estão entre os melhores games do Wii. No More Heroes: Heroes’ Paradise para PS3 conta com suporte ao PSMove. Apesar da gameplay não ser tão viciante quanto Devil May Cry, God of War ou Ninja Gaiden (minha opinião galera!), a soma de trilha sonora + estilo gráfico + bom uso dos sensores de movimento + alguns dos personagens mais estilosos e caricatos, tornam No More Heroes um must-play para qualquer geek gamer que se preze.

 

Tem mais algum outro Geek protagonista que vocês queiram lembrar? Deixa nos comentários ou posta na nossa fan page que continuamos o papo!

Continuar lendo
Publicidade
Comments

Mais em Games

To Top