Disputa entre Sega e Nintendo pode virar filme

Cinema

Disputa entre Sega e Nintendo pode virar filme

Quando eu era criança na década de 90 meu irmão mais velho ganhou de aniversário o presente que abriu nossa mente para a tecnologia e para algo que gostamos até hoje, e que, com certeza, influenciou diretamente milhares de outras crianças no mundo. O presente (lembro-me ainda da hora que ele abriu a caixa e seu olhos brilharam) era um Mega Drive III, console de vídeo game de 16 bits da Sega que fez sucesso na última década do século passado.

Dentro da caixa além do aparelho e do joystick vinha um cartucho com seis jogos (6 Pack) dentre os quais Sonic The Hedgehog teve mais destaque na nossa vida. Confesso que daquele dia em diante fãs inveterados de outras franquias que me perdoem o personagem principal do jogo, um porco-espinho azul super-rápido de nome Sonic, que pegava anéis entre pulos e giros em seu caminho para poder salvar seus amigos animais que haviam sido capturados pelo vilão da franquia o Dr. Ivo Robotnik (ou Dr. Eggman), se tornou nosso ‘héroi’ e jogamos uma grande parte dos jogos da franquia.

Sonic

Em outras casas talvez mais abastadas outro console fez sucesso no mesmo período: o Super Nintendo, ou SNES, também um console de 16 bits, este da Nintendo. Pra ele foi lançado o Super Mario World, jogo do já famoso encanador Mario que devia atravessar terras distantes e entrar em vários castelos para resgatar a Princesa Peach que havia sido capturada pelo vilão Bowser. Vou confessar novamente que joguei alguns jogos de Mario em emuladores e consoles mais recentes, e me apaixone pela franquia, então não sou nem Team Sega, nem Team Nintendo.

Super Mario World

Notadamente, eu nem precisava dizer, as duas empresas produtoras dos consoles, Sega e Nintendo, tornaram-se concorrentes no mercado de jogos mundial nesse período (final da década de 80 e década de 90), fazendo com que novos jogos fossem lançados e que a busca por novas tecnologias e formas de jogabilidade crescessem. Essa ‘briga’ foi favorável para quem curtia os vídeo games, já que incentivou a busca por uma melhor qualidade e diversidade de opções de jogos.

Anos depois a rivalidade entre as duas grandes empresas aparentemente teve fim, muito possivelmente impulsionado pela entrada de outras produtoras de consoles, pelo massivo crescimento dos jogos para PC e por diversas questões financeiras que abriram espaço para que parcerias entre as duas fossem firmadas.

Uma das parcerias mais relevantes foi o lançamento exclusivo do jogo Sonic Lost Worl, em 2013, lançado pela Nintendo para seus mais recentes consoles, o portátil Nintendo 3DS e o Wii U. Além disso, na E3, Electronic Entertainment Expo – grande feira internacional dedicada a jogos eletrônicos, do ano passado foi lançado um jogo em que os personagens das duas franquias estão atuando conjuntamente em jogos olímpicos de inverno, o jogo chama-se Mario & Sonic at the Sochi 2014 – Olympic Winter Games, e esta disponível para Wii U.

mario-and-sonic-at-the-sochi-2014-olympic-winter-games-announced-for-wii-u

Após mais de duas décadas do início das rivalidades, e depois das atuais parcerias, há rumores de que se pretende lançar em breve pela produtora Sony Pictures um filme retratando como as duas empresas protagonizaram importantes acontecimentos no cenário de jogos eletrônicos mundial e acabaram sendo indispensáveis para o que temos hoje nesse mercado.

capa---console-wars-1393264082867_200x285O filme será baseado no livro de Blake Harris, intitulado Console Wars: Sega, Nintendo, and the Battle that Defined a Generation (numa tradução literal “Guerra dos consoles: Sega, Nintendo e a batalha que definiu uma geração”) – que tem previsão de lançamento para 14 de maio desse ano, segundo informações do The Gardian.

Segundo essa publicação a produção do filme será feita por Scott Rudin, que recentemente produziu Capitão Phillips, que concorreu em sete categorias do último Oscar, incluindo melhor filme, e A rede social, adaptação da história da criação do Facebook.

Rumores fortes dão indícios que Seth Rogen, que recentemente escreveu e atuou como ele mesmo na comédia This in the End (É o fim), e seu amigo Evan Goldberg, que dirigiu esse mesmo filme, foram escalados para roteirizar e dirigir a adaptação da historia da Sega e da Nintendo para o cinema e já estão trabalhando.

Se isso for verdade teremos possivelmente em breve algo extraordinário (ou bastante duvidoso, já que a dupla não apresenta um perfil para filmes mais cabeçudos) nas telonas do cinema. Agora é esperar pra ver se as antigas rivalidades dos fãs de Sonic e Mario serão eternizadas em um filme totalmente dedicado.

Continuar lendo

Cantora de ocasião, atriz de televisão, bailarina do Faustão, mas queria saber tocar violão. Sei que, às vezes, sou legal mesmo quando não estou dando mole.

Deixe seu comentário!

Mais em Cinema

Publicidade

Artigos mais vistos

Publicidade
To Top