Museu do Videogame chega a Recife em 2015!

Você já jogou Atari? É Sonysta ou Nintendista? Tem saudade do Mega Drive ou do Nintendinho? Ama os consoles dos mais clássicos (retrô) aos mais atuais? Então prepara seu coração porque você vai poder ver/conhecer (e rever) de perto mais de 200 consoles de videogame dos últimos 40 anos de todo o mundo na iniciativa (essa palavra sempre me lembra os Vingadores) Museu do Videogame.

O Museu do Videogame será uma mostra itinerante dos maiores clássicos dos consoles e jogos reunidos desde a década de 70. Durante a mostra, que não é apenas uma exibição, as pessoas poderão experienciar (gratuitamente) diversos jogos, em seus respectivos consoles, desde os mais clássicos como o Pac-Man e o Enduro, passando por Super Mario Bros e Sonic, além jogos de luta como Street Fighter e Mortal Kombat, que se mantem vivos até hoje em novas versões.

No acervo (que é um espetáculo de encher os olhos) estarão o Magnavox Odyssey (1972), considerado o primeiro console fabricado no mundo que levou cerca de seis anos pra ficar pronto e, curiosamente, conseguiu sair na frente no mercado de consoles sendo seguido pelo Atari Pong (1976).

É interessante destacar que a Magnavox depois inaugurou a primeira briga entre empresas produtoras de consoles ao acionar judicialmente a Atari por quebra de patente ao considerar o Pong, que era um jogo que simulava tênis de mesa, cópia do jogo de tênis que o Odyssey tinha (na imagem você pode tirar suas conclusões). Já o Atari Pong, o primeiro console da Atari, é considerado, historicamente, o primeiro console lucrativo do mundo.

pong animated GIF

Ainda no acervo do Museu você vai encontrar o Fairchild Channel F (também de 1976) o primeiro videogame de segunda geração e o primeiro a usar cartuchos, que quem viveu a década de 90 se acostumou muito a soprar, e o primeiro videogame fabricado no Brasil, pela Philco, o Telejogo Philco Ford (1977). Além do Microvision (1979), o primeiro console portátil de segunda geração a usar cartucho, e o Vectrex (1982), (lançado pela mesma empresa) um videogame da mesma geração de 8 bits que usava cartuchos e vinha com um monitor embutido, como pode ser visto nessa propaganda da época.

geek-=games

Da Nintendo você vai encontrar na mostra o clássico R.O.B. (1985), um robô acessório dos consoles da Nintendo da época que funcionava como o “segundo player”, e também o primeiro videogame portátil de mesa com tecnologia 3D, que de portátil tinha quase nada (porque era um trambolho enorme), o Nintendo Virtual Boy (1995), um videogame de quinta geração e um fracasso de público e critica com seus jogos em preto e vermelho e uma tecnologia 3D que não empolgava, uma curiosidade sobre ele é que o console era uma espécie de óculos que ficava fixo no rosto e devia dar muita dor de cabeça.

geek-=games

O acervo, sob a curadoria do jornalista Cleidson Lima, tem sede fixa em Mato Grosso do Sul e fará uma “turnê” no ano de 2015 em diversas capitais. A capital pernambucana, Recife, será contemplada e já esta certo que o evento ocorrerá de 11 a 26 de abril de 2015 no Shopping Recife, sendo 16 dias inteiramente abertos ao público, e você já pode começar a se programar de agenda e coração!

Mais informações podem ser obtidas na fanpage do Museu do Videogame Intinerante 

Serviço:

► Museu do Videogame Intinerante

► Curador: Cleidson Lima

► Local: Shopping Recife

► Mostra aberta ao público de 11 a 26 de abril de 2015