Em busca de dignidade super-heróica, Gavião-Arqueiro canta sobre seus poderes

Gavião-Arqueiro canta seus poderes

Mundo Geek

Em busca de dignidade super-heróica, Gavião-Arqueiro canta sobre seus poderes

Hulk, Thor, Capitão América, Homem de Ferro, Viúva Negra, Feiticeira Escarlate, Mercúrio, Visão… em breve também com o Homem-Aranha, Dr. Estranho, Homem-Formiga e Capitã Marvel. Nos quadrinhos o Wolverine, Tempestade, Fera, o Nova e mais outros tantos.

Não é a toa que os Vingadores usam o slogan de Os Heróis Mais Poderosos da Terra. Seu elenco conta com os nomes mais poderosos do Universo Marvel e a equipe está sempre pronta para salvar o planeta e a galáxia de ameaças imensuravelmente potentes.

Porém, um nome dentre aqueles que leva o título de Vingador aparece um pouco esquecido, negligenciado pelos fãs. Só lembrado na hora da temível “zoeira”.

Falo dele, o Gavião-Arqueiro.

É verdade que sua arma de combate não é tão potente ou legal como a do Thor. É verdade que ele não é tão forte como o Capitão América, rápido como o Mercúrio ou charmoso como o Homem de Ferro. Quando o Gavião-Arqueiro fica nervoso, ele não vira o Hulk, mas apenas um homem de meia idade irritado.

Mas ele tem um coração também e merece respeito e amor. E menos piadas sobre ser segurança de shopping,

Em busca desse respeito e dignidade, o Gavião-Arqueiro foi ao programa do Jimmy Fallon para cantar uma música, na esperança de tocar o coração das pessoas e cair nas graças da galera.

Veja no vídeo abaixo:

Quem aí conseguiu segurar as lágrimas? Não as de emoção, as de riso mesmo?

Quem já viu Vingadores: Era de Ultron (a gente já, leia aqui e aqui as nossas opiniões!) sabe que o Gavião-Arqueiro tem bastante destaque positivo na trama do filme. Afinal, arqueiros também possuem coração, oras.

E nada de dizer que o Gavião-Arqueiro é o Aquaman da Marvel! Até porque o Aquaman é badass, domina os mares e era casado com a Khaleesi, né? Só falando…

Continuar lendo
Publicidade
Leandro de Barros

Campeão de Chess-Boxing por W.O. da minha rua, nerd de nascença, babaca por opção. Depois de muito analisar a sociedade moderna, só tenho uma coisa a dizer: með þýðandi? Veik!

Deixe seu comentário!

Mais em Mundo Geek

To Top