Facebook anuncia o Reactions, uma gama mais ampla de reações com o botão “Curtir”

Reactions é o mecanismo do Facebook para ampliar as reações dos usuários ao "curtir" um post

Mundo Geek

Facebook anuncia o Reactions, uma gama mais ampla de reações com o botão “Curtir”

O ano era 2010 ou 2011. Eu já tinha meu perfil no Facebook, mas ficava bem mais tempo logado no saudoso Orkut (descanse em paz, amigo!). A razão disso era simples: com a debandada em massa do pessoal para o Facebook, o Orkut tinha se tornado aquilo que ele era no começo: uma rede social onde quem estava presente eram as pessoas que participavam de comunidades.

Se a maioria das comunidades eram absolutamente desertas (e uma diversão particular era lotar a Last Page dos principais tópicos das comunidades mais cheias – eu tinha muito tempo livre na época), aquelas que ainda eram habitadas tinham se tornado em algo que realmente valia o nome de “comunidades” – grupos de pessoas unidos em torno de um tema específico.

Esses dois parágrafos introdutórios só estão aí para eu poder puxar uma ligação com o assunto do post: a ferramenta de “curtir” que o Orkut tinha criado para tentar competir com o Facebook. Naquela época já era possível “curtir” o post de alguém em um tópico e adicionar um “emoticon” ao curtir. Tinham várias opções: Zangado, Triste, Chorando, Sorrindo, etc.

O “curtir” do Orkut era, na verdade, um botão de “reação”, onde você escolhia um emoticon que melhor justificasse sua reação ao post. Uma boa ideia que veio no crepúsculo da rede social e ninguém prestou atenção.

Até agora, já que o Facebook vai fazer absolutamente a mesma coisa.

Lembra daquele papo que a rede social criada por Mark Zuckerberg iria criar um botão de Dislike? Pois bem, na verdade, a história não é bem assim.

O anúncio oficial, feito hoje no perfil do criador da rede social, revela que a novidade que o Facebook planejou se chama Reactions e vai funcionar mais ou menos do mesmo molde que aquela funcionabilidade do Orkut.

Ao clicar Curtir, o usuário terá sete “reações” para escolher, de forma a deixar mais específica a reação dos usuários ao material postado na rede social pelos seus amigos.

Sabe aquele post em que a pessoa lacrou mesmo? Esse leva um coraçãozinho. Sabe aquele em que é só um amigo da escola que você não vê há 12 anos, aquele “vamô marcar qualquer coisa”? Aí você manda só um joinha mesmo e segue a vida.

Quando aquele seu tio que não manja nada de política, mas quer dar sermão sobre o Brasil, fizer um textão enorme sobre as coisas, manda uma carinha de zangado e segue o enterro.

Se a ideia é boa ou não, a gente vai ter de esperar os testes que o Facebook está realizando (começaram hoje, na Irlanda e na Espanha) para ver o resultado disso. Talvez as “reações” escolhidas não sejam as melhores, talvez a brincadeira ganhe gosto, o tempo vai dizer.

Um ponto importante a se levantar disso é como essas reações vão impactar o conteúdo criado por marcas e artistas dentro do Facebook. Algumas das reações são positivas, algumas neutras e outras negativas; quem tiver mais reações negativas vai começar a perder impacto? Reações positivas começarão a ganhar evidência?

Isso é discussão pro futuro (próximo).

Today we’re launching a test of Reactions — a more expressive Like button. The Like button has been a part of Facebook for a long time. Billions of Likes are made every day, and Liking things is a simple way to express yourself.For many years though, people have asked us to add a “dislike” button. Not every moment is a good moment, and sometimes you just want a way to express empathy. These are important moments where you need the power to share more than ever, and a Like might not be the best way to express yourself.At a recent Townhall Q&A, I shared with our community that we’ve spent a lot of time thinking about the best way to give you better options for expressing yourself, while keeping the experience simple and respectful. Today we’re starting to test this.Reactions gives you new ways to express love, awe, humor and sadness. It’s not a dislike button, but it does give you the power to easily express sorrow and empathy — in addition to delight and warmth. You’ll be able to express these reactions by long pressing or hovering over the Like button. We’re starting to test Reactions in Ireland and Spain and will learn from this before we bring the experience to everyone. We hope you like this – or can better express how you’re feeling!

Posted by Mark Zuckerberg on Quinta, 8 de outubro de 2015

Continuar lendo
Publicidade
Leandro de Barros

Campeão de Chess-Boxing por W.O. da minha rua, nerd de nascença, babaca por opção. Depois de muito analisar a sociedade moderna, só tenho uma coisa a dizer: með þýðandi? Veik!

Deixe seu comentário!

Mais em Mundo Geek

To Top