O verde otário! – Resposta do Pão de Açúcar

Mundo Geek

O verde otário! – Resposta do Pão de Açúcar

Houve um tempo em que um pão era um pão e um queijo era um queijo. E existia a expressão “pão, pão, queijo, queijo” para designar algo claro, sem rodeios ou subterfúgios.  Os tempos mudaram e nem tudo o que parece é. O mesmo se aplica a moda sustentável. Falar em sustentabilidade e ganhar dinheiro com ela é fácil. Fazer for real é que são outros 500.
 
O vídeo abaixo mostra um pouco do que falei e, a pesar da opinião de alguns amigos que acharam o vídeo ofensivo chamando todas as pessoas que curtem sustentabilidade de otários, não vi por este lado. Acho que serve de alerta para deixarmos de acreditar em tudo o que vemos, sem uma pesquisa ou reflexão prévia. Existem ideias bacanas que podem nos ajudar a transformar o mundo num lugar melhor, como também existem muitas outras que se aproveitam de uma causa justa em função de outros interesses. Ser ‘verde otário’ é acreditar em greenwashing, o marketing verde falso.

Veja também o ótimo texto da Engenheira Ambiental Daiane Santana no blog Vivo Verde.

UPDATE 27/02/2012

Minha intenção ao publicar tal texto (ainda como Liso Sapiens) foi de apresentar aos leitores, que ainda não conheciam, o termo greenwashing. Não quis levantar bandeira contra ou a favor de algum caso expecífico e, como havíamos debatido nos comentários (que infelizmente perdemos na transição do Liso Sapiens para o Geek Café), o vídeo estava indo muito bem, até ele começar a falar do “Grupo Pão de Açúcar”.

Para minha surpresa, o pessoal do Grupo Pão de Açúcar entrou em contato comigo com uma postura muito cortês para me informar sobre suas ações relativas a sustentabilidade. Gostei do esclarecimento e deixo-lhes aqui com as palavras do grupo:

O Grupo Pão de Açúcar pauta suas ações no respeito e na transparência de suas relações. A rede mantém um forte compromisso com a sustentabilidade e com o desenvolvimento das empresas brasileiras, sendo pioneira em muitos programas para desenvolvimento do consumo consciente, entre eles, a oferta de sacolas reutilizáveis, iniciada em 2005.

Desde então, temos desenvolvido fornecedores e produtores nacionais e buscado consistentemente novas alternativas sustentáveis, tanto no que se refere aos aspectos sociais, quanto ambientais. Oferecemos em nossas lojas diferentes tipos de sacolas reutilizáveis, dentre os quais um importado (do Vietnã) e todos os outros produzidos por empresas brasileiras, incluindo o confeccionado em material pet com parte da renda revertida para a Fundação SOS Mata Atlântica.

Em todos os casos, como forma de repúdio a qualquer forma de trabalho forçado e análogo ao escravo, mantemos controle da cadeia produtiva e nossos fornecedores possuem o certificado de auditoria social, assegurando a excelência nas boas práticas de contratação e comercialização dos seus produtos.

Murilo Lima

Criador e editor-chefe do Geek Café. Administrador entusiasta de novas mídias, inovação e mentes fora da caixa.

Deixe seu comentário!

Mais em Mundo Geek

To Top