Coleção Marvel Graphic Novels chega ao Brasil

Livros e HQ

Coleção Marvel Graphic Novels chega ao Brasil

Quando vi uma matéria gringa sobre o lançamento da The Official Ultimate Marvel Graphic Novels Collection eu pensei: “Claro que isso nunca vai chegar ao Brasil!” – embora algumas das hq’s publicadas na série já tivessem sido lançadas em encadernados pela Panini. Nunca estive tão enganado!

Nesta semana começou a circular pelas redes sociais a notícia de que a coleção já estava sendo lançada no Brasil, com a mesma qualidade do produto original.

Mas o entusiasmo inicial dos fãs deu lugar à incerteza: como assim uma série desse porte já tinha sido lançada e a Panini, detentora dos direitos da Marvel no Brasil, não divulgou nadica de nada?

É porque a série está sendo produzida pela Panini mas comercializada e distribuída pela Editora Salvat. E no site da Editora Salvat não tem nada sobre o lançamento.

Alguns leitores, em um trabalho de detetive, descobriram que a primeira edição já está disponível em algumas cidades do Brasil – curioso é que nas capitais nem sombra delas.

Tão pouco os grandes sites sobre quadrinhos anunciaram esse lançamento épico. Isso vem confirmar a suspeita de que as editoras estão testando o produto prá ver a recepção do público.

Mas, afinal, do que trata a coleção e porque ela é tão importante?

Ultimate Marvel Graphic Novels

aranhagraphic

A Ultimate Marvel Graphic Novels é uma coleção de 60 álbuns de luxo, com capa dura, que compila grandes sagas dos quadrinhos da editora. O primeiro volume traz o Homem-Aranha e reúne as edições 30 a 35 do título Amazing Spider-Man, com roteiros de J. Michael Straczynski e arte de John Romita Jr. O arco introduz o misterioso Ezekiel, que também possui poderes de aranha.

Esta primeira edição tem preço promocional de R$ 9,90 (praticamente de grátis!); a segunda edição, com os Surpreendentes X-Men de Joss Whedon, sai por R$ 19,90. A partir da edição 3, o preço sobe para R$ 29,90. Não há informação sobre a periodicidade dos encadernados.

O blog Submundo HQ fez dois posts com a provável/suposta ordem de lançamento dos encadernados no Brasil – segundo eles, cada país escolhe a ordem de lançamento dos títulos. Da lista informada pelo Submundo HQ, selecionei as graphic imperdíveis. Vejam a lista a seguir:

#1- Homem-Aranha (De Volta ao Lar) e #40 Homem-Aranha (Revelações) – estréia de Straczynski no Universo Marvel. Polêmico, introduziu o conceito de que os poderes que Peter ganhou não foram um acidente. Eu gostei quando li.

#2- Surpreendentes X-Men (Superdotados) e #28 Surpreendentes X-Men (Sala de Perigo) – Depois do furacão que foi a fase de Grant Morrison, Joss Whedon trouxe de volta os uniformes coloridos e uma nova dinâmica para os mutantes. Imperdível. Essa série já foi toda lançada em encadernados pela Panini, só para constar.

#3- Homem de Ferro (Extremis) – Simplesmente a saga que inspirou o terceiro filme da franquia, que estréia dia 26 no Brasil. Imperdível.

#4- Os Supremos  e #44- Os Supremos 2 – As primeiras hq’s da versão Ultimate dos Vingadores, que apresentou um Nick Fury com cara de Samuel L. Jackson. Desenhos foda de Bryan Hitch!

#5- X-Men (A Fênix Negra) – A saga clássica de Chris Claremont e John Byrne!

#6- Homem-Aranha (Venom) – A origem de um dos maiores inimigos do Aranha.

#8- Cap. América (Soldado Invernal) – Essa eu não li, mas é o retorno de Bucky Barnes. Serviu de base para o segundo filme do Capitas no cinema.

#10- Wolverine (Frank Miller e Chris Claremont) – Essa foi lançada encadernada recentemente. O novo filme do carcaju é baseada nela. Miller e Claremont numa das melhores hq’s do baixinho.

#11- Cap. Britânia (Alan Moore e Alan Davis) – Simplesmente LEIÃO!!!

#12/13 – Vingadores Eternamente (1 e 2) – De Kurt Busiek e Roger Stern, com desenhos de Carlos Pacheco e Jesus Merino. Uma das melhores séries dos Maiores Heróis da Terra.

#14- Homem-Aranha (A Última Caçada de Kraven) – Outro clássico do Aranha, que é derrotado pelo Kraven e enterrado vivo!

#15- Cap. América (Guerra ao Terror) – A série pós-11 de setembro do mais norte-americano dos super-heróis, por John Ney Rieber e John Cassaday. E ao contrário do que se esperava, Rieber nos deu um herói com uma postura crítica diante da guerra, o que descontentou os editores da Marvel. Vale muito.

#16- Marvels (Kurt Busiek e Alex Ross) – A série em quatro edições que mostra o Universo Marvel visto pelos olhos das pessoas comuns, com as belas pinturas de Ross.

#18- Novos X-Men (E de Extinção) e #36- Novos X-Men (Imperial) – A polêmica fase de Grant Morrison nos X-Men. A Panini já publicou toda ela em encadernados.

#20- Demolidor (A Queda de Murdock) – Miller e Mazzuchelli. A melhor história do Demolidor.

#24- Homem-Aranha (Ultimate) – O arco inicial do Aranha do universo Ultimate, ‘Poder e Responsabilidade’.

#26- Homem de Ferro (Demônio na Garrafa) – Tony Stark alcoólatra. A hq que me fez prestar mais atenção no Vingador Dourado.

#29/30- Justiceiro (Bem-Vindo de Volta, Frank 1 e 2) – O Justiceiro por Garth Ennis e arte de Steve Dillon. Na minha humilde opinião de não-fã, a melhor versão do cara que atira na bandidagem primeiro e pergunta depois – quando pergunta. Melhor do que todos os três filmes juntos.

#40- Thor (Walt Simonson) – Depois de Stan Lee e Jack Kirby, a melhor fase do Deus do Trovão foi nas mãos de Walt Simonson. A Panini também já lançou toda essa fase em encadernados simples.

#41- Guerra Civil – Uma das últimas grandes sagas da Marvel que prestou de verdade.

#45- Wolverine (Arma X) – Barry Windsor-Smith no auge de sua arte. E a verdadeira origem do esqueleto de adamantium do carcaju.

#48- Demolidor (Diabo da Guarda) – Depois de Miller e antes de Brian Michael Bendis, uma fase eletrizante do demônio da Cozinha do Inferno, escrita pelo cineasta Kevin Smith.

Não vi a primeira edição pelas bancas do Recife. Caso algum leitor tenha encontrado, deixe seu comentário mostrando o mapa do tesouro e o que achou do encadernado!

Bruno Alves

Bruno Alves é professor, rabisca de vez em quando uns desenhos por aí e tem sempre uma música tocando em off na cabeça, mesmo quando não está usando headphones. E sim, ele gosta dos Titãs.

Comments

Mais em Livros e HQ

To Top