Marvel celebra o Mês da Mulher com capas comemorativas

Livros e HQ

Marvel celebra o Mês da Mulher com capas comemorativas

Atualmente, nós passamos por um momento muito incrível de empoderamento feminino na nossa sociedade. As minas desse Brasilzão e do resto do planeta estão lutando pelo direito de serem ouvidas e pelo respeito que lhes é devido – e estão conseguindo! Aos poucos, até os nichos mais machistas vão se abrindo para as mulheres, como acontecerá em março do ano que vem, o Mês da Mulher.

A Marvel Comics celebrará a data especial (é em março que fica o Dia Internacional da Mulher, caso você esteja se perguntando) com capas alternativas retratando Mulheres de Poder dentro do Universo Marvel nos quadrinhos.

Serão 25 capas protagonizadas por personagens femininas, desde heroínas cascudas e experientes como a Viúva Negra e a Capitã Marvel, até novos rostos como a Ms. Marvel, a Moon Girl e a Spider-Gwen.

Desde personagens recorrentes como a Spider-Gwen e a Ms. Marvel até novidades como a Moon Girl, 2015 foi um grande ano para as mulheres da Marvel. 2016 não será diferente e nós estamos animados em realizar essa iniciativa das Mulheres de Poder no começo do próximo ano“, disse o vice-presidente de vendas e marketing da Marvel, David Gabriel – um homem.

Claro que é legal a Casa das Ideias realizar essa iniciativa dando espaço para personagens femininas brilharem nos quadrinhos – e artistas também, já que todas as capas serão desenhadas por mulheres.

Porém, quando a gente pega dados como os do BleedingCool, onde mostram que apenas 8,9% da equipe de artistas que trabalhou com a Marvel em 2014 são mulheres – contra avassaladores 91,1% de homens – dá pra pensar se não seria mais maneiro uma iniciativa pra colocar mais mulheres lá dentro ao invés de uma iniciativa para vender mais gibis, já que o grande atrativo das capas alternativas é o seu valor para colecionadores.

Mas isso sou eu sendo resmungão. Aos poucos, esse jogo vai virando e teremos uma indústria dos quadrinhos menos machista.

via CBR

Continuar lendo
Artigos relacionados:
Leandro de Barros

Campeão de Chess-Boxing por W.O. da minha rua, nerd de nascença, babaca por opção. Depois de muito analisar a sociedade moderna, só tenho uma coisa a dizer: með þýðandi? Veik!

Deixe seu comentário!
Publicidade

Artigos mais vistos

Publicidade
To Top