Mundo Podcast

Mônica e Cebolinha vão casar: quadrinhos, cronologia e ‘estamos-ficando-velhos’

Prá conseguir atingir um público mais velho do que aquele habitual que faz das revistinhas da Turma da Mônica um sucesso de vendas, Maurício se reinventa.

09out2012
Mônica e Cebolinha vão casar: quadrinhos, cronologia e ‘estamos-ficando-velhos’

Responda rápido: quantos anos tem o Homem-Aranha?

Se você respondeu “mais ou menos uns 25 anos”, acertou.

E errou também.

A idade cronológica de Peter Parker, no contexto do Universo Marvel, deve ser essa mesma. Porém, o herói foi criado por Stan Lee/Steve Ditko/Jack Kirby em 1962 – lá se vão 50 anos! Se você achou o Homem-Aranha um coroa, imagina o Superman, já na melhor idade com seus 74 aninhos! Pense num cara conservado!

Essa é a realidade da maioria dos personagens das histórias em quadrinhos de super-heróis: eles não envelhecem! No máximo ficam mais maduros – vejam o caso do Batman, que já teve três ajudantes: o primeiro Robin cresceu e hoje é o Asa Noturna; o segundo morreu, ressuscitou, também cresceu e hoje é o Capuz Vermelho; por fim, o terceiro não cresceu tanto assim, mas amadureceu e hoje é o Robin Vermelho. Prá fechar, o atual Robin é seu filho biológico, Damian, de 10 anos. Enquanto isso, Bruce Wayne ainda aparenta ter uns 35 anos faz um bom tempo.

É por isso que essas editoras vivem remodelando seus heróis através de mega sagas, eventos cósmicos, mudanças de uniforme, mortes e ressurreições: para renová-los.

Já nos quadrinhos infantis, o tempo não passa mesmo: os sobrinhos do Pato Donald ainda são crianças, o velho Patinhas ainda está vivo e por aí vai.

Isso muda radicalmente quando falamos dos quadrinhos japoneses, que normalmente contam histórias (por mais longas que sejam) com começo, meio e fim – e que, normalmente, trazem mudanças significativas nos personagens no decorrer das sagas.

morte kenshin1 Turma da Mônica Maurício de Sousa Marvel Homem Aranha  Mônica e Cebolinha vão casar: quadrinhos, cronologia e ‘estamos ficando velhos’

A manutenção das características originais dos personagens é uma estratégia para manter os mesmos reconhecíveis do público (e também para que ele não se confunda na hora de comprar produtos com a imagem dos personagens – lembrem-se: é arte, mas também é business!), seja ele de que idade for. No quadrinho infantil isso é até compreensível, mas no quadrinho de super-herói se torna um comodismo. Não seria legal estarmos lendo hoje as hq’s do filho do Homem-Aranha?

Gasoline Alley de Frank King 2 Turma da Mônica Maurício de Sousa Marvel Homem Aranha  Mônica e Cebolinha vão casar: quadrinhos, cronologia e ‘estamos ficando velhos’

Mas existe uma hq que rompeu com esse paradigma do congelamento do tempo: Gasoline Alley, de Frank King. A primeira tira foi publicada em 1918 e mostrava, basicamente, um grupo de amigos conversando sobre carros. Mas em 1921, tudo mudou: um bebê é deixado na porta de Walt, um dos principais personagens.

A partir daí, a história adotou o tempo real em sua narrativa. Skeezin, o bebê, foi crescendo com o tempo e hoje é um velhinho simpático; outros personagens nasceram, morreram ou mudaram, como acontece com as pessoas de verdade. A tira é publicada até hoje, com outro autor e deve ser a mais antiga ainda em atividade.

 

Turma da Mônica… Jovem??!!??

Turma da Mnica Jovem1 Turma da Mônica Maurício de Sousa Marvel Homem Aranha  Mônica e Cebolinha vão casar: quadrinhos, cronologia e ‘estamos ficando velhos’

 

Lembra que eu falei lá em cima que nos quadrinhos infantis o tempo não passa?

Pois ele passou. E com uma turminha clássica dos quadrinhos brasileiros.

Quando Maurício de Sousa anunciou em 2008 que a Turma da Mônica ia crescer eu tive duas reações: primeiro, achei que era pegadinha. Depois, ao ver o projeto, tomei um susto. Mas foi um susto bom. Afinal, lá estava um dos maiores quadrinistas do país se arriscando, experimentando, saindo da sua zona de conforto.

Prá conseguir atingir um público mais velho do que aquele habitual que faz das revistinhas da Turma da Mônica um sucesso de vendas, Maurício nem precisou fazer uma megasaga cheia de crises, trocar a roupa da Mônica de vermelha para uma armadura cinza nem matar um personagem importante (e depois ressuscitá-lo). Ele simplesmente respondeu aquela pergunta que todo fã da turminha fez algum dia: como será que eles ficariam crescidos?

Turma da Mnica Turma da Mônica Maurício de Sousa Marvel Homem Aranha  Mônica e Cebolinha vão casar: quadrinhos, cronologia e ‘estamos ficando velhos’Turma da Mônica Jovem mostrou todos os personagens do universo Mauricial (hehe) com uma nova roupagem, mas sem alterar radicalmente suas principais características. A Mônica ficou bonitinha, mas continuou dentucinha e brava; Cebolinha tratou seu problema de dicção, mas quando fica nervoso troca as letlas como antigamente; Cascão toma banho, mas digamos assim, em períodos de tempo muuuito espaçados; Magali continua gulosa, mas agora controla sua alimentação. E por aí vai.

Alguns envelhecimentos ficaram ok, outros nem tanto, mas o importante é que Maurício acertou: A TMJ é um sucesso, chegando a vender assustadores 500 mil exemplares (a edição 34, com o beijo entre Cebola e Mônica). E a escolha pelo estilo mangá também foi uma bem bolada estratégia. Esperto esse Maurício.

Na cola do sucesso, outra turminha dos quadrinhos também envelheceu: Luluzinha, Bolinha, Glória, Alvinho e cia (criados pela norte-americana Marge) cresceram, embora sem o mesmo tempero da TMJ.

Nestes últimos anos, Maurício tem se superado. Depois da TMJ, abriu as portas de seu universo para outros artistas brincarem, resultando em três álbuns imperdíveis; este ano, com o álbum Ouro da Casa, mostrou o talento dos funcionários da sua produtora, agora com liberdade para desenhar os personagens com seus próprios estilos. Isso sem falar nas reedições de revistas dos anos 60/70 e compilações de tiras clássicas da turminha.

 

Com quem será que a Mônica vai casar…

tmj 50 3 Turma da Mônica Maurício de Sousa Marvel Homem Aranha  Mônica e Cebolinha vão casar: quadrinhos, cronologia e ‘estamos ficando velhos’

Ora, estava claro desde o início que Mônica e Cebolinha iam terminar juntos um dia. Esse negócio de serem inimigos quando crianças é perfeitamente normal. Depois que crescem, eles começam a enxergar no outro coisas que não viam antes; aí vem a afinidade e por fim, o amor – que estava lá desde o começo, só que eles, crianças, não entendiam a complexidade do sentimento. Fofo, né?

Quando foi anunciado o casório para a edição 50 da TMJ, eu tomei outro susto – mas foi outro susto bom. A ousadia ia mais fundo agora. Casar? Morar junto? Será que a Mônica vai ficar grávida? (Eita, Mônica e Cebolinha transando?)

Lá se vai a infância de muita gente!

Turma da Mnica Jovem N 50 Turma da Mônica Maurício de Sousa Marvel Homem Aranha  Mônica e Cebolinha vão casar: quadrinhos, cronologia e ‘estamos ficando velhos’
Eu acho cerimônia de casamento chata, menos a minha e a dos quadrinhos (hehe). Comprei as edições casamenteiras do Homem-Aranha, do Superman, do Fantasma…
 
Claro que não ia deixar de comprar a hq do casório da Mônica e do Cebolinha! Queria ver no que ia dar, se era tudo de verdade ou se era um sonho, ou talvez uma realidade alternativa e tal. E gostei do que vi, embora não seja leitor regular da série.
 
A história tem o estilo das hq’s normais da turminha (e que me fazem comprar as revistas dos pivetes até hoje): referências a outras hq’s da turminha (tem uma cena bem nostálgica num restaurante), referências a filmes, metalinguagem, humor no ponto.
 
Vai por mim, vale a pena ter esta edição, mesmo que você não seja colecionador da série. Apenas R$7,50 na Saraiva ou na banca mais próxima de você.

Tá, mas, e o casamento? Rola mesmo?

Não vou entregar de bandeja os detalhes da história, né? Mas tá tudo lá: cenas de ciúme da Mônica, a declaração de amor do Cebola, o pedido de casamento, os preparativos, o atraso, o casamento, a lua-de-mel (!), as crises… a hq não esquece de nenhum clichê de um relacionamento que chega nesse ponto de juntar as escovas de dentes.
É uma história simples, banal até, mas o interessante é que me vi em algumas situações narradas na hq – e é aí que está a grande sacada da história: ela dialoga com um público mais velho. Quem já casou vai me entender. icon biggrin Turma da Mônica Maurício de Sousa Marvel Homem Aranha  Mônica e Cebolinha vão casar: quadrinhos, cronologia e ‘estamos ficando velhos’
 
Mnica e Cebolinha se casam na edio 50 da Turma da Mnica Jovem Turma da Mônica Maurício de Sousa Marvel Homem Aranha  Mônica e Cebolinha vão casar: quadrinhos, cronologia e ‘estamos ficando velhos’
 
Será que o Maurício está arquitetando uma versão adulta de seus personagens? Mônica, Cebola, Cascão e Magali mais maduros, trabalhando para ganhar o pão de cada dia, com filhos e problemas cotidianos? Quem viver ( e ler a mensagem do criador ao final da revista) verá!
 
Confesso que é estranho ver os personagens tão maduros, discutindo relacionamento, inseguros quanto ao que o futuro lhes reserva. Me passou a sensação de que estou ficando velho, que o tempo está passando rápido demais, que a inocência acabou.
 
[Pausa dramática…]
 
E aí, Mônica e Cebola serão felizes e ficarão juntinhos até que a morte os separe?

Bruno Alves

Desenha, ensina, bloga, ama...e descansa com preguiça de escrever bio, que ninguém é de ferro.

Artigos Relacionados

Veja também

Comentários

  • Poliana

    Acabei de ler a revista e adorei! Não sou leitora assídua da TMJ (embora serei a partir de agora) e acabei sentindo muita nostalgia mesmo! Muito legal ver os personagens crescidos envolvidos em situações “mais adultas”. :)

Redes Sociais

Redes Sociais

Banner Cinema

Cinema

A esperança 1 - banner 300 data
O Protetor
As + Lidas

As + Lidas!

Parceiros

Parceiros!

Confira Mais Festivais e Atrações border= Meu Mundo Pocket Procurando o que fazer na internet? Acesse o Minilua! ocioso atoananet sedentario links-legais
Adsense 600×300