O Fantasma: 77 anos do herói imortal dos quadrinhos

Livros e HQ

O Fantasma: 77 anos do herói imortal dos quadrinhos

1936. O universo dos quadrinhos ainda era um bebê e os gêneros mais comuns (humor, ficção científica e aventuras) eram publicados em tiras e páginas dominicais em jornais. A primeira revista em quadrinhos propriamente dita só tinha surgido três anos antes (Famous Funnies) e era uma compilação de tiras de várias séries que faziam sucesso nos jornais.

Esse era o cenário dos quadrinhos nos Estados Unidos nesse período. Os heróis não tinham superpoderes e nem usavam uniformes colantes ou máscaras. Até que Lee Falk (escritor, produtor e diretor de teatro) criou O Fantasma, o primeiro herói dos quadrinhos a usar um uniforme colante, uma cueca por cima das calças e uma máscara. E que embora não tivesse superpoderes, era imortal!

A origem do personagem é classica:Christopher Walker, um jovem de 20 anos, viu seu pai ser assassinado pelos temíveis piratas da irmandade Singh durante um ataque ao navio onde viajavam. Único sobrevivente, Christopher consegue chegar às praias de Bengala, país fictício da África e é salvo pelos pigmeus Bandar. Logo em seguida, o corpo de seu pai é encontrado.

Revoltado diante dessa grande perda, Christopher faz um juramento com o crânio de seu pai nas mãos:

Eu juro dedicar minha vida à destruição da pirataria, da ganância, da crueldade e da injustiça, em todas as suas formas! Meus filhos e os filhos deles me seguirão!

O Fantasma - Primeiras histórias

E seu juramento foi colocado em prática. O primeiro Fantasma começou sua luta contra o crime em 1536. O filho dele continuou o legado após a sua morte. E o filho do filho dele. E assim, sucessivamente, de pai prá filho, a lenda do Fantasma foi crescendo entre os nativos e criminosos.

Para eles, o Fantasma era imortal, um espírito-que-anda, sempre defendendo os mais fracos e a selva onde vive.

O Fantasma do século XX (cujas primeiras tiras foram publicadas no dia 17 de fevereiro de 1936) é Kit Walker, o 21º na linhagem da família. Seu rosto nunca é mostrado e quando está sem seu uniforme roxo e cueca listrada, usa um sobretudo, chapéu e óculos escuros e atende pelo nome de Mr. Walker (caminhante, em inglês). Tem como companheiros na luta contra o crime o lobo Capeto e o cavalo branco Herói. Quando atua na África, recebe a ajuda dos pigmeus Bandar e da Patrulha da Selva, uma força militar que combate o crime no país e da qual é o misterioso líder.

PHANTOM SKULL CAVE

Walker mora na Caverna da Caveira, escondida nas selvas de Bengalla, onde ele guarda grandes livros contando as aventuras de seus antepassados (e que de vez em quando viram histórias retrôs), suas armas e um imenso tesouro, que usa para financiar suas atividades.

fantasma casamentoSempre achei essa idéia de toda uma geração de heróis combatentes do crime genial, porque evita o eterno revisionismo da origem de personagens antigos, como acontece com os heróis da DC Comics, por exemplo. 

Em 1978 o Fantasma foi enforcado casou-se com Diana Palmer, que trabalha na ONU. O casal teve dois filhos, Kit e Heloise Walker.

Dos personagens clássicos de quadrinhos, o Fantasma é um dos meus preferidos. Conheci suas hq’s ainda criança, por meio do meu pai, que também é fã do Espírito-que-Anda. Sempre achei interessante toda a mitologia que foi criada em torno do herói, expressa nos Velhos Ditados da Selva que são citados vez por outra nos quadrinhos – assim como Chuck Norris, o Fantasma tem suas frases de efeito. Vamos às mais famosas:

  • O Fantasma tem mil olhos e mil ouvidos.
  • O Fantasma se move mais rápido que um relâmpago.
  • Quem vê o rosto do Fantasma tem uma morte horrível.
  • O Fantasma-que-Anda nunca morre.
  • O Fantasma tem a força de dez tigres.
  • Quando o Fantasma pergunta, você responde.
  • Quando o Fantasma está bravo, o sangue do tigre congela.

E por aí vai. Como seria um confronto entre Norris e o Fantasma?

Outra característica do herói são os dois anéis que ele usa: um é o Anel do Bem, que ele usa para marcar as pessoas que estão sob sua proteção; o outro é o temido Anel da Caveira, que deixa sua marca no rosto dos criminosos e que nunca desaparece.

 

Para o grande público, o personagem se tornou mais conhecido por causa da animação de sucesso Os Defensores da Terra (1986-1987), equipe combatente do crime formada por heróis da King Features Syndicate: Fantasma, Mandrake e seu assistente Lothar (também criados por Lee Falk), Flash Gordon e seus respectivos filhos.

O herói também teve duas versões live-action: uma série em 1943 e um filme em 1996, com Billy Zane no papel principal. É uma ‘sessão da tarde’ divertida, mas muito aquém das possibilidades que o universo do personagem poderia render.

fantasma_brasil_globo_dc

Nos quadrinhos contemporâneos, a melhor atualização do herói foi a série que a DC Comics publicou entre 1988 e 1990 e publicada no Brasil pela Editora Globo.

Se achar em algum sebo (ou scans pela web), pegue prá ler porque vale a pena. Eu recomendo!

 

lastphantomRecentemente, uma nova série do personagem foi lançada nos EUA: The Last Phantom pela Dynamite Comics. Escrita por Scott Beatty, com desenhos do brasileiro Eduardo Ferigato e capas de Alex Ross. Só li os dois primeiros números e gostei.

E se você não conhece o Fantasma, vale a pena procurar por quadrinhos antigos do herói e se aventurar pelas selvas de Bengala, pelos oceanos ou na selva urbana das grandes cidades acompanhando a missão do Espírito-Que-Anda em combater o mal e a injustiça perpetrados pelo homem.

Mas caso você não encontre nada do herói, não se preocupe. Pois como diz aquele velho Ditado da Selva: “O Fantasma encontra você, sempre!

Continuar lendo
Publicidade
Bruno Alves

Bruno Alves é professor, rabisca de vez em quando uns desenhos por aí e tem sempre uma música tocando em off na cabeça, mesmo quando não está usando headphones. E sim, ele gosta dos Titãs.

Comments

Mais em Livros e HQ

To Top