Resenha: O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei

Livros e HQ

Resenha: O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei

Vocês sentiram falta de um detalhezinho realmente significativo no último texto? Queiram me desculpar, foi proposital. Como falei antes, a cronologia de Tolkien não é nada linear, as histórias paralelas são um exercício de foco. Então achei melhor juntar o terceiro livro, O Retorno do Rei com o grande momento de revolta e susto dos leitores da segunda parte, aonde todos nós fechamos o livro e gritamos: Como assim Bial?

Ao final do livro anterior vemos Frodo sendo atacado por Laracna (uma aranha gigante ) e ficando completamente imobilizado por suas teias e veneno. E eis que surge: Sam! Por alguns instantes, numa das minhas teorias, após o ataque a Frodo eu pensei que a história era de Sam, que tudo estava em volta dele e este seria o auge para um grande herói aparecer. A agonia bateu, não é possível que Tolkien iria estragar o fim do livro, sabe como é, estragou o final, perdeu tudo, não é J.K.R?! Mas foi não foi por aí, o nosso Hobbit número um estava vivo (não sei como, porque ao contrário de Gandalf que é um mago e por isto aceito qualquer volta bizarra, Frodo é só um hobbit cantante) e Sam escondendo-se dos orcs, continuou a missão de levar o anel e resgatar seu mestre.

the-lord-of-the-rings-the-two-towers-original

Antes da batalha realmente acontecer, temos alguns momentos de tensão, como na parte do mensageiro (só um gostinho, sem spoiller) :

“ O Mensageiro desembrulhou o pacote, e ali, para a surpresa e frustração de todos os Capitães, ele ergueu primeiro a pequena espada que Sam carregava, e depois uma capa cinzenta com broche élfico, e finalmente o colete de mithril que Frodo usara, embrulhado em suas vestes rasgadas. Uma escuridão se formou diante dos olhos deles…”

Momento William Wallace no final da saga dedicado a Aragorn. Ele havia partido em missão pela Senda dos Mortos, um lugar que nenhum ser vivente havia retornado. Ah, Gandalf cavalgando na velocidade do vento montado em Scadufax para chegar a Minas Tirith, em Gondor e se deparando com o regente da cidade num estado de lamento e derrota é sensacional! Denethor, o regente de Gondor para alguns e para mim era um homem notável em conhecimento e só. Quando começou a usar o Palantir (um artefato mágico), se tornou manipulável por Sauron. A grande problemática é que o regente tinha o conhecimento, mas tudo que ele via era uma parte, aquela que Sauron mostrava e assim como nós, às vezes ficamos por escolha ou ingenuidade vendo apenas um lado da história.

Para mim o terceiro livro não é o melhor, mas tem mais ação estilo rpg, mais emoção e claro, é o favorito de todos. Só que isso é uma trilogia, então, sem contestações é realmente deslumbrante e vou continuar sonhando para que as escolas troquem Meu pé de laranja lima por Tolkien, ou que pelo menos tirem o plástico de entrega dos livros ( sim, tem livro de Tolkien em escolas públicas lacrado e sendo doado na rua).

Aproveitem a leitura e boa sorte a todos no sorteio de aniversário do GeekCafé.

Iremos sortear os três livros da saga

O Senhor dos Anéis”.

Trilogia-O-Senhor-dos-Anis4

Clique aqui e saiba como participar!

Continuar lendo
Publicidade

Tem a mesma profissão de Clark Kent, mas sonha em ser Bruce Wayne. Espera até hoje o final de Caverna do Dragão, sua convocação para Hogwarts e ser chamada para lutar na Terra Média!

Comments

Mais em Livros e HQ

To Top