Star Wars em quadrinhos | Resenha e vídeo

GEEK CAFE TV

Star Wars em quadrinhos | Resenha e vídeo

Assim que estreou nos cinemas, lá em 1977, Star Wars já tinha uma série em quadrinhos nas bancas publicada pela Marvel Comics. Além de adaptar os filmes da trilogia original, as hq’s, que foram publicadas até 1986, contavam histórias que se passavam entre as produções do cinema.

Depois da Marvel, as histórias daquela galáxia muito, muito distante, passaram para as mãos da editora Dark Horse e ficaram lá por 23 anos. Até que em 2015 voltaram para a Marvel depois que a Disney comprou a LucasFilm.

Desde então, a Casa das Ideias tem publicado novas histórias de Star Wars, que fazem parte do novo cânone estabelecido pela Disney/Marvel. E elas já estão sendo publicadas no Brasil!

Star Wars

Star_Wars_01_quadrinhos_marvel_panini

[leftbox]Star Wars #1 (50 páginas, cor, R$ 8,90 capa normal/R$ 11,90 capa metalizada) traz a série homônima escrita pelo Jason Aaron com a arte fenomenal do John Cassaday.

A trama se passa logo após os eventos de Star Wars – Uma Nova Esperança. A Estrela da Morte foi destruída, mas o Império ainda segue firme dominando a galáxia. O grupo de rebeldes formado por Leia Organa, Han Solo, Luke Skywalker, Chewbacca, R2-D2 e C3PO parte em missões secretas deflagrando ataques pontuais ao Império, com o vilão Darth Vader na cola deles.

Nessa primeira edição, o grupo se infiltra na maior fábrica de armas do Império, situada em uma lua, disfarçados como emissários de Jabba, mas com o objetivo de destruí-la. O que eles não esperavam era que o negociador enviado pelo Império fosse nada mais nada menos do que… Darth Vader! A partir daí, fugir se torna muito complicado.

Na HQ, vemos o primeiro encontro presencial entre Vader e Luke, onde o jovem rebelde ousa desafiar o vilão para um duelo de sabres de luz.

Aaron, um dos melhores roteiristas da atualidade (o encadernado Thor – O Carniceiro dos Deuses é obrigatório), está bem à vontade com o universo de Star Wars e seus personagens; com a arte realista de Cassaday, temos a sensação de estar assistindo a um filme.

Nas edições seguintes a coisa só melhora, com o primeiro confronto entre o inexperiente padawan e um poderosíssimo Darth Vader; o surgimento da esposa (?) de Han Solo enquanto ele tenta seduzir a princesa Leia em um planetoide; e o confronto brutal entre Luke e o melhor caçador de recompensas da galáxia, Boba Fett!

Vale cada centavo![/leftbox]

Darth Vader

Star-Wars-1-Panini-darth-vader

A mesma coisa podemos dizer de Darth Vader #1 (50 páginas, cor, R$ 8,90 capa simples/R$ 11,90 capa metalizada), com roteirode Kieron Gillen e arte de Salvador Larroca. Aqui, podemos acompanhar as aventuras de um dos vilões mais emblemáticos da cultura pop.

As coisas não estão nada fáceis para o Lord Sith. Com a destruição da Estrela da Morte pelos rebeldes, ele é responsabilizado diretamente pelo Imperador Palpatine, já que os demais comandantes morreram na explosão da arma. O imperador começa a questionar a capacidade de liderança de Vader e passa a enviá-lo em missões que ele detesta, como negociador. Para piorar sua situação, a maior fábrica de armas do Império é praticamente destruída pelos rebeldes (a HQ se passa após os eventos vistos em Star Wars #1).

Então Vader, sem que o imperador fique sabendo, envida esforços para descobrir quem é o jovem rebelde que empunhava um sabre de luz na invasão da fábrica. Imagina a surpresa que ele vai ter…. J

As duas revistas se complementam. Na edição 2 de Star Wars – Darth Vader, temos a estreia das histórias da Princesa Leia, de Mark Waid e Terry Dodson.

Se você é fã de Star Wars vai gostar das duas séries, com certeza. Se está chegando agora, é um bom momento para começar a colecionar e se aprofundar nesse universo.

Porém, acho que a relação custo-benefício seria melhor se a Panini publicasse as três séries em uma única revista, mesmo que o preço ficasse um pouco maior. Até porque, com certeza, essas séries serão encadernadas lá na frente, o que tem acontecido com várias publicações seriadas da editora (vide os recentes encadernados das séries Thor, Fabulosos Vingadores e Gavião Arqueiro, entre outros).

Um adendo: quem ficou curioso para conhecer as hq’s publicadas pela Marvel entre 1977 e 1986, as mesmas estão sendo publicadas na coleção Star Wars da Salvat. Fica a dica!

Continuar lendo
Artigos relacionados:
Bruno Alves

Bruno Alves é professor, rabisca de vez em quando uns desenhos por aí e tem sempre uma música tocando em off na cabeça, mesmo quando não está usando headphones. E sim, ele gosta dos Titãs.

Deixe seu comentário!
Publicidade

Artigos mais vistos

Publicidade
To Top