Trilogia Dragões de Éter já é best seller fora do Brasil

Livros e HQ

Trilogia Dragões de Éter já é best seller fora do Brasil

A literatura fantástica brasileira já começa a dar frutos internacionais aos seus principais autores.  O autor da vez é Raphael Draccon, best seller no Brasil, e agora também best seller em terras mexicanas. O primeiro livro da trilogia Dragões de Éter, Caçadores de Bruxas, já vendeu cerca de dez mil exemplares, alcançando a quarta colocação nos mais vendidos no último mês.

Um dos maiores motivos para o sucesso no México certamente são as mais de 250 mil cópias vendidas por aqui, no Brasil. E ele ainda destaca que isso pode ser uma abertura de mercado para mais autores:

“Há a satisfação pessoal, mas qualquer satisfação assim é pequena pela abertura de portas para outros autores. As áreas de literatura fantástica nas livrarias mexicanas são bem restritas”.

Lembrando que outros autores também possuem obras publicadas foras do Brasil, por exemplo Eduardo Spohr que já traduziu A Batalha do Apocalipse para o alemão, holandês, além de ter lançado uma versão em Portugal.

Draccon, hoje contratado da Editora Rocco, publicou no México sob o selo da Random House, e diz que a editora está bem feliz com o sucesso do livro, inclusive pagando-o adiantado com um valor de cinco dígitos não revelado. Além disso, contrataram Marc Simonetti para as capas de Dragões de Éter, o mesmo artista que desenhou as capas das Crônicas de Gelo e Fogo.

O autor ainda destacou o quão bem recebido foi na terra do “Seu Madruga” e comentou o respeito com o qual foi tratado, de pessoas que tentavam entender como um autor sul-americano fazia tanto sucesso com uma obra de tradição anglo-americana.

Por fim, ele deu pistas sobre futuros projetos:

“Minha agente americana está cuidando da série por lá e estou fazendo caminho no cinema também, mas são planejamentos feitos com muita calma e pé no chão”

E ele ainda finaliza dizendo:

“É por coisas assim que vitórias como essas são marcantes. Porque eu faço parte de uma geração de escritores que não está preocupada se vai ganhar prêmios, se vai entrar pra História, se vai isso ou aquilo. Para nós isso são consequências, não a causa”.

Continuar lendo
Publicidade

Estudante de Jornalismo, baixista, amante de boa música e de bons livros. Nada melhor que ouvir um bom e velho heavy metal oitentista lendo um bom livro de fantasia/suspense.

Deixe seu comentário!

Mais em Livros e HQ

To Top