42 anos da morte de Jimi Hendrix e uma experiência

Música

42 anos da morte de Jimi Hendrix e uma experiência

Are You Experienced, geek’s? =)

Há uns 15 anos passados eu tinha 15 anos de idade e foi a primeira vez que eu escutei Jimi Hendrix. Noite bastante esquisita de bebedeira na beira de uma praia, conhecendo gente em baixo de uma lua gigante e muito, muito vinho carreteiro e maconha no juízo. Imagine você com tão pouca idade e mergulhando numa noite incrível de experiências numa época em que descobria o amor, as drogas e que ouvia músicas que nunca tinha pensado existirem…

Foi uma das primeiras vezes que vomitei dois estômagos inteiros carregados de vinho barato – e vomitava sorrindo: não de prazer, mas de satisfação, deitado na praia, sob uma lua brilhante. A chegada em casa naquela madrugada resultou numa surra homérica da minha querida mãe, que percebeu que alguma coisa ali não seria a mesma pelo resto da minha vida.

E de fato não seria, naqueles idos de 1996, era a primeira vez que eu passava uma noite inteira ouvindo Jimi Hendrix. Só meses depois descobri que naquela noite maluca tinha acontecido uma homenagem aos 36 anos da morte do maior guitarrista de todos os tempos.

Jimi_Hendrix_1967Hoje, dia 18 de setembro, faz 42 anos que morreu Johnny Allen Hendrix. A trajetória de sua vida certamente é mais interessante do que as minhas e as suas primeiras noites de bebedeiras. E mais interessante ainda que a vida do cara que deu a guitarra a capacidade de ser o instrumento mais importante de uma banda de rock, é a obra musical que ele deixou para ser reproduzida geração após geração, até chegar naquela minha noite inesquecível de bebedeira na beira da praia.

Está pra ser lançada em novembro 2012 a mais esperada biografia de Hendrix, escrita pela sua irmã, e intitulada Jimi Hendrix: The Ultimate Lyric Book. O lançamento acompanha a data comemorativa dos 70 anos de nascimento de Hendrix, no dia 27 de novembro. Eu que não sou muito de ler biografias estou ansioso e no aguardo do lançamento desse livro, porque realmente a história de vida de um cara como Hendrix merece ser lida e narrada para as gerações.

Como eu sou muito mais chegado na obra do que no autor da obra, deixo aqui pro leitor do Geek Café não os detalhes mórbidos de sua morte ainda pouco explicada, mas a íntegra dos três álbuns lançados pelo power trio que ele formou naquela década de 60.

Antes disso, um vídeo do sacrifício da guitarra, que aconteceu no Festival Pop de Monterey (1967), o primeiro grande festival de rock que serviu como modelo para festivais como o Woodstock.

Guitar Sacrifice – Monterey (1967)

 

Íntegra dos discos lançados por Jimi Hendrix.

Are you experienced (1967)

 

Axis: Bold As Love (1967)

 

Electric Ladyland (1968)

 

Outros posts sobre Jimi Hendrix aqui no Geek Cafe:

> Covers que superaram suas versões originais

> Grandes Covers #1 – Jimi Hendrix

Continuar lendo

blogueiro, historiador; planejamento digital, coordenação de projetos em mídias sociais; editoração, redação digital e Tricolor do Arruda.

Deixe seu comentário!

Mais em Música

Publicidade

Artigos mais vistos

Publicidade
To Top