O gênio (sem exageros na palavra) Roberto Gómez Bolaños nos deixou hoje, nessa sexta-feira, aos 85 anos. A informação já foi confirmada pela rede de TV mexicana Televisa, e já repercute entre todos nós, fãs do trabalho do Chespirito.

O eterno Chaves e Chapolin já vinha sofrendo de problemas respiratórios e complicações da diabete, o que pode ter sido a causa de sua morte, ainda não divulgada. Ele faleceu em sua casa, em Cancún, ao lado de Florinda Mesa, sua esposa, e sua família.

ULTIMA-GRAVACAO-DE-CHAVES-COMPLETA-20-ANOS

Os seriados de Bolaños chegaram ao Brasil na década de 70 e até hoje são fenômeno em toda a América Latina, mesmo já tendo sido encerrado há décadas. Em breve, mais informações aqui no Geek Café. Ficam aqui nossas condolências, e o desejo de que o nosso velho amigo descanse em paz.

Até qualquer dia desses, Chespirito.

“Prometemos despedirmos-nos. Sem dizer ‘adeus’ jamais. Pois haveremos de nos reunirmos. Muitas, muitas vezes mais!”