Depois dos rumores iniciais surgidos há algumas semanas, a rede americana CBS assumiu o compromisso de desenvolver a série Supergirl. O programa será produzido por Greg Berlanti, showrunner das séries Arrow e The Flash; Ali Adler (que trabalhou com Berlanti na série cancelada No Ordinary Family, que mostrava uma família que ganhava superpoderes) vai escrever o piloto e será o produtor executivo.

Pela premissa anunciada, a série não irá esconder a conexão com o universo do Superman:

Nascida no planeta Krypton, Kara Zor-El escapou da destruição de sua terra natal anos atras e desde que chegou a Terra esconde os seus poderes, conhecidos apenas por seu primo. Agora, aos 24 anos, ela decide aceitar suas habilidades sobrehumanas e ser a heroína que sempre foi destinada a ser.

Ainda bem que o receio de que a origem da personagem fosse alterada para não comprometer a continuidade do universo DC no cinema não se confirmou – agora, só quero ver como eles vão ligar esses personagens já que os dois universos (cinema e televisão) não serão o mesmo, como já foi anunciado.

De acordo com site Deadline, o compromisso assumido pela CBS é um sinal positivo de que a série poderá sair do papel, mas não é uma garantia absoluta – tudo vai depender do projeto apresentado. Mas o fato da CBS ser a única rede de televisão que ainda não tem um programa adaptado dos quadrinhos talvez ajude a Supergirl a alçar vôo!

O universo das hq’s está invadindo, definitivamente, as telinhas: Gotham, na Fox; Arrow, The Flash e iZombie no CW; Constantine na NBC; Marvel’s Agents of SHIELD e Agente Carter na ABC; e os Novos Titãs em desenvolvimento no TNT! Nós, fãs, agradecemos!

Kara Zor-El, a Supergirl, foi criada pelo escritor Otto Binder e pelo desenhista Al Plastino, e apareceu pela primeira vez em 1959 na revista “Action Comics” #252.