Dominion: A série em que céu levantará o inferno na Terra

Séries e Tv

Dominion: A série em que céu levantará o inferno na Terra

A nova série do canal Syfy (dona de “Defiance”, “Haven” e “Helix”) vem apostando em um “novo” enredo. A pegada da ideia de Humanos x Arcanjos não é tão nova, porém não é tão batida (sim, eu sei que Supernatural tem o mesmo estilo, mas “Dominion” vem com uma proposta diferente).

Para quem quiser entender melhor a série recomendo assistir antes o filme:  “Legião” (Legion) de 2010. É quase o prelúdio de “Dominion”. Se você não gostar do filme, calma! Ainda insisto que você assista a série ou pelo menos o episódio piloto. E se você já assistiu… Bom, sabe do que estou falando. Confira a sinopse do enredo:

Há 25 anos Deus desapareceu. Seus anjos responsabilizaram o homem e declararam guerra à humanidade. O arcanjo Gabriel liderou a Guerra do Extermínio na esperança de livrar o mundo dos humanos e declarar domínio sobre ele. Alguns anjos superiores recusaram-se a escolher um lado, mas os inferiores juntaram-se à Gabriel. Esses inferiores não tinham corpo, então o primeiro ataque foi para roubar o nosso. Mas Miguel, o maior de todos arcanjos, escolheu lutar pelos homens. Com ajuda dele os sobreviventes revidaram e construíram fortalezas para se defender. Logo, espalhou-se que Miguel salvou um bebê, uma criança que iria crescer para ser o salvador dos homens. Este escolhido será reconhecido pelas marcas em seu corpo. Finalmente, Gabriel e seu exército recuaram e, concluímos que, não somente os anjos são reais, mas que eles são nossos piores inimigos.

Sobre o “Pilot” (Alerta de microspoilers)

O primeiro episódio já começou bem melhor que o filme, e como dito acima, acontece 25 anos após o evento apocalíptico.  A primeira cena é empolgante com a gorda-maldita e o ataque do “olhos negros”, designação àqueles que possuem asas.

Os CGs (Cenas Gráficas, ou efeitos especiais) são bem feitos, sem deixar falhas. O enquadramento e movimentação das personagens também. Esse pilot trouxe várias explicações, algumas revelações e, claro, deixou dúvidas. A inclusão de um “salvador” na ideia original da série e suas “marcas” pelo corpo foram o que abriram portas pro desenvolver da série. E claro que essas tatuagens serão bastante exploradas no decorrer da temporada.

Como toda série que se preze tem que haver casal romântico, inimigos poderosos, traições, surpresas, pessoas que desejamos uma morte dolorosa e claro uma boa briga. E por falar nisso a luta do Miguel contra um das “Potências” (anjos que nasceram para serem guerreiros e vigiar os arcanjos, caso algum saia da linha) é bem interessante.

DOminion

Falando especificamente do Miguel, as características dele o transformam num autêntico arcanjo: altura, corpo, movimentos, intelecto e palavras. Algo diferente do Gabriel que mais parece um motoqueiro líder de gang sentado no seu “trono de ferro-angelical”.

Alex, um dos protagonistas, tem uma boa atuação. É aquele típico militar que não segue à risca as leis, apaixonado pela filha do general, com muita habilidade e surpresas a serem reveladas.

Pois bem, muitas coisas você pode não entender e por isso recomendo que assista o filme antes. E já que estamos na “entressafra” de séries… Essa é uma boa pedida para acompanhar.

E se serve de alguma referência pra você (pra mim não )… O IMDB deu nota 7,7 pra série.

Veja ao trailer:

Continuar lendo

Graduado em Administração de Empresas e especializado em Mídias Digitais, aprendiz de designer, pseudo publicitário, impaciente com áreas burocráticas e tentando ingressar no ramo criativo. Amante de animes, viciado em séries e games, enxerido em cosplayer. Tem como maior sonho criar o A³ [Abrigo para Animais Abandonados]. Sou inimigo ferrenho do clichê e desconfiado dos pombos.

Deixe seu comentário!

Mais em Séries e Tv

Publicidade

Artigos mais vistos

Publicidade
To Top