Inumanos: Confira as primeiras impressões sobre a nova série da Marvel

Séries e Tv

Inumanos: Confira as primeiras impressões sobre a nova série da Marvel

Inumanos ou os “X-men chochos” (assim diria a Desciclopédia) é a nova aposta da ABC. A intenção é trazer mais um novo núcleo do universo Marvel desconhecido para os espectadores, os Inumanos. Assim como Guardiões da Galáxia no começo, poucos sabem quem são esses personagens, de onde vieram, o que fazem, pra onde vão, o que querem… Bom, ninguém sabe é nada! Salvo se você é fã, mas tipo fã mesmo, fanzaum e tenha lido alguns quadrinhos sobre eles, ou ainda um breve vulto – sem muita explicação – nos animes dos Avengers, ou mais recente na série Agents of SHIELD.

Origem nos quadrinhos

Em resumo, Inumanos é o nome de seres de uma espécie humanoide criada por Stan Lee e Jack Kirby para a Marvel Comics. Os Inumanos são descendentes de humanos normais, que há muitos séculos foram modificados em experiências realizadas pelos alienígenas conhecidos como Kree. Apareceram pela primeira vez na revista Fantastic Four #45 em Dezembro de 1965, como coadjuvantes do Quarteto Fantástico.

Inumanos – A série

A série começa do nada com uma caçada, numa floresta do nada, com personagens do nada, com imagens e takes IMAX (porque sua produção inicial fora voltada para o cinema, e sua sequência para as telinhas. Eu tô dizendo… ninguém entende nada). Uma Inumana (que ninguém faz a mínima fucking ideia) está fugindo e encontra outro personagem. Eles passam a fugir juntos, correndo ridiculamente, até que ela toma tiro, morre, ele corre, toma tiro e se joga do penhasco. Pronto, assim é o início brilhante. Mas aí você pensa: Vão explicar agora!? Vão não, pô! Dá teu jeito de entender.

O pilot de Inumanos, que tem 1h22min, nem se quer explica que o que são os Inumanos. Por sinal, isso parece ser a essência da série. Não explicar nada! Se você quiser entender algo tem que vir pré-carregado de informações sobre tal. Deixa eu ajudar você com esse compêndio:

Segundo a bíblia Marveliana, “a long, long time ago…”, os Celestiais (sabedores da porra toda) visitaram nossa Terrinha e resolveram fazer experiências na humanidade, incluindo o gene X em nosso DNA e permitindo que nos tornássemos criaturas incríveis. Algum X9 contou pro império Kree, que acabou realizando experimentos para atingir esse potencial. E advinha? Voilà! Nascem os Inumanos, criaturas que quando expostas aos cristais Terrigen são “mutadas” e ganham superpoderes. Pronto!

Graças a sua alta tecnologia e evolução, os Inumanos atualmente moram na zona Azul da Lua, de nome Attilan, que é protegida por alguma barreira invisível explicada rasamente quando um robô da Terra coletava dados do solo na Lua. Lá vive a Família Real que doutrina a população através de castas (bem ao estilo Jogos Vorazes), onde os expostos à névoa dos cristais Terrigen sofrem mutação. Se despertar um poder útil, terá sua colocação favorável nos planos da realeza, e caso não será transferido para trabalhos subalternos.

Personagens

Inumanos - Medusa

A rainha Medusa – Prima e esposa do Raio Negro. Ela é detentora do megahair mais portentoso do universo. Seu cabelo tem força mutante e é controlado pela sua mente. Bom, só não é páreo contra uma simples máquina de cortar cabelo de camelô, como mostra na série.

Inumanos - Raio Negro

O rei Raio Negro – Que manda e desmanda sem abrir a boca, por causa do seu poder destrutivo caso queria falar algo.

Inumanos - Maximus

Maximus – Príncipe revoltadozinho, ardiloso, que resolver aplicar um golpe de estado, porque não tem nenhum poder, e quer voltar à Terra.

Inumanos - Crystal

Crystal – Prima da Medusa, mas que ninguém entendeu o qual o poder dela. Chata e aguada. Sem carisma ou emoções.

Inumanos - Karnak

Karnak – Alguma coisa da realeza, com não tão grandes habilidades de combate, e que seu poder mais parece o meme da Nazaré com fórmulas de matemática.

Inumanos - Gorgon

Gorgon – Um Chaqui O’neil com patas de boi, que emite abalos sísmicos.

Inumanos - Dentinho

Dentinho – O buldogue gigante que teletransporta as pessoas para qualquer lugar, incluindo a ponte aérea Terra-Lua.

Mais e aí, Inumanos é bom?

Então, pega esse povo todo e atrela a um enredo sem coesão, ora rápido demais, ora maçante, sem emoção, nem carisma ou o clássico humor-marvel. A dinâmica entre os personagens não flui, é tipo um time de futebol sem entrosamento. Cenas de vergonha alheia ou desnecessárias, tipo quando o Gorgon entra no mar pra procurar Triton, do nada (pra variar) e percebe que boi não nada. Ah, vá! Não satisfeito um grupo de surfistas nativos salva o ruinotauro e começa uma conversa de nada com nada sobre nada. Sem contar nos efeitos datados e baixo orçamento, principalmente no cabelo da Medusa, muito 1990. Pelamor!

Mas nem tudo é desgraça! Tem cenas bonitinhas e há uma esperança nesse roteiro mais esfarelado que cuscuz seco. Afinal, estou falando apenas com base nos episódios que foram ao ar até a publicação deste artigo.

Continuar lendo
Publicidade

Graduado em Administração de Empresas e especializado em Mídias Digitais, aprendiz de designer, pseudo publicitário, impaciente com áreas burocráticas e tentando ingressar no ramo criativo. Amante de animes, viciado em séries e games, enxerido em cosplayer. Tem como maior sonho criar o A³ [Abrigo para Animais Abandonados]. Sou inimigo ferrenho do clichê e desconfiado dos pombos.

Deixe seu comentário!

Mais em Séries e Tv

To Top