drones vão revolucionar a transmissão de esportes

Como drones vão revolucionar a transmissão de esportes

Drones sempre foram uma tecnologia extremamente versátil e os avanços tecnológicos dos últimos anos fizeram com que eles começassem a ser utilizados para funções cada vez mais complexas e até mesmo inesperadas.

Um dos principais destaques desta última década é o uso de drones para a filmagem de eventos esportivos. Diversos tipos de esportes, dos mais tranquilos aos mais radicais, já começaram a adotar a tecnologia e um número ainda maior deles já passou a estudar como ela pode eventualmente melhorar suas transmissões.

Drone DJI_Phantom_4_in_Flight_March_2016
Foto por Doodybutch/CC BY-SA 4.0

Antigamente, a ideia de utilizar drones para a realização de transmissões ao vivo esbarrava em diversas barreiras tecnológicas. Entretanto, nos últimos anos houve uma melhora significativa dos principais aspectos técnicos relacionados a esta tecnologia e hoje em dia estas limitações quase não existem mais.

A redução do tamanho, maior autonomia da bateria, melhor capacidade e velocidade de transmissão de vídeos e, especialmente, melhora da estabilidade e do controle de voo aliadas a redução do volume permitiram que drones finalmente pudessem começar a transmitir uma gama enorme de esportes.

A tecnologia conta com um potencial de expansão enorme neste campo e atualmente existem diversos modelos de drones especializados em cinematografia — alguns já podem ser adquiridos no país.

Em retrospecto, isto não poderia ser diferente. Desde o início da sua concepção, os drones já tinham a possibilidade de se tornar as câmeras de ação perfeitas e com os avanços da última década eles atingiram seu potencial.

Os novos pilotos de drones conseguem utilizar seus veículos para capturar ângulos impossíveis para operadores de câmeras normais. Seus drones podem filmar em qualquer lugar do terreno e os veículos aéreos praticamente não contam com limitações físicas, com exceção da autonomia da bateria e da necessidade de boas condições de tempo.

Drone DJI_Phantom_3_Professional_photographed_at_Lake_Albert
Foto por Bidgee/CC BY-SA 3.0 AU

A final da RobotMaster de 2017 foi patrocinada pela empresa líder em drones civis, a Dà-Jiāng Innovations (DJI), e transmitida exclusivamente pelo twitch. Apesar de não ter utilizado drones na transmissão, o uso da plataforma de streaming pela DJI mostra uma possível união de ambas as tecnologias para este fim.

Uma modalidade esportiva que tem o potencial de trazer as transmissões ao vivo de drones desta maneira para o mainstream é o poker. O esporte foi notoriamente bem-sucedido em adotar o twitch para a realização das suas transmissões e o uso de drones através desta plataforma seria o próximo passo lógico.

Apesar de fisicamente estático, o poker é um dos esportes mais emocionantes e as finais da World Series of Poker (WSOP) já deram origem a fotos e vídeos incríveis dos atletas.

Como existe uma tensão muito alta relacionada as disputas de mãos entre os competidores, especialmente nas rodadas finais, é notoriamente difícil para fotógrafos profissionais se posicionarem ao redor das mesas de uma maneira que não atrapalhe a concentração dos atletas.

A utilização de drones mais silenciosos que sobrevoem as mesas para a filmagem dos eventos resolverá completamente o problema e ainda poderá trazer uma camada extra de dinamismo para as partidas.

Drone - A atual SkyCam utilizada na NFL eventualmente poderá ser substituída por drones
A atual SkyCam utilizada na NFL eventualmente poderá ser substituída por drones. Foto por J. Glover/CC BY-SA 2.5

Outro esporte que tem muito a ganhar com a utilização de drones é o futebol americano. Em meados de 2017, a modalidade esportiva começou a adotar a SkyCam, uma espécie de câmera aérea segurada por cabos.

Famosa por ser a mesma câmera utilizada na bem-sucedida franquia de videogame Madden, esta câmera fica posicionada atrás do quarterback, o principal atleta que comanda o time de ataque.

Através dela é possível ter uma boa visão de como os times de ataque e de defesa funcionam durante uma partida, mas a tecnologia ainda possui uma série de limitações. A principal delas é o fato de permitir apenas visualizações estáticas e ter uma gama limitada de movimentos e ângulos possíveis.

Utilizar drones permitiria a realização de filmagens tridimensionais sem quais restrições e a câmera inclusive poderia seguir atletas de maneira individual de modo a acompanhar toda uma jogada do começo ao fim.

A National Football League (NFL), principal liga de futebol americano, já possui as licenças necessárias para operar drones em seus campos. Isto faz com que o uso desta tecnologia no esporte seja apenas questão de tempo.

Drone_Pedra_Grande
Foto por João Batista Shimoto/CC BY-SA 3.0

No longo termo, esportes radicais provavelmente são os que mais se beneficiarão do uso de drones para realização de filmagens e transmissões. Hoje em dia, drones já estão começando a ser utilizados para este fim, mas seu uso deverá ser cada vez mais expandido.

Uma das principais dificuldades de transmitir esportes radicais é proporcionar aos telespectadores a mesma emoção que os atletas estão sentindo durante as competições.

Drones com visões panorâmicas e até mesmo câmeras acopladas nos capacetes dos esportistas são boas ferramentas, mas ainda possuem limitações. O uso de drones menores que acompanhem os atletas de maneira individual durante as provas possibilitará que as filmagens atinjam o equilíbrio perfeito entre essas duas tecnologias.

A principal emoção de esportes considerados radicais como o paraquedismo e o surfe surge diretamente dos desafios físicos que os atletas experimentam. O uso de drones permitirá que o grande público acompanhe de perto tudo que está acontecendo e realmente sinta tudo da maneira mais verossímil possível.

O uso de drones cada vez menores, mais rápidos e com câmeras melhores vai possibilitar que no futuro as transmissões de vídeos se tornem cada vez mais realistas e transmitam muito mais do que simples câmeras estáticas são capazes de transmitir.

É possível até mesmo afirmar que o uso de drones revolucionará a forma como as transmissões de todos os tipos de esportes são realizadas. Os novos ângulos tridimensionais e o incrível dinamismo vão proporcionar aos telespectadores a experiência dos atletas de uma forma que nunca havia sido possível até o desenvolvimento completo desta tecnologia.