Inteligência Artificial começa a ser utilizada para tratar Câncer no Brasil

Inteligência Artificial

Tecnologia

Inteligência Artificial começa a ser utilizada para tratar Câncer no Brasil

Inteligência Artificial começa a ser utilizada para tratar Câncer no Brasil

Hospital do Câncer Mãe de Deus, de Porto Alegre, divulgou que começará a utilizar o Watson for Oncology – a inteligência artificial da IBM para o tratamento de pacientes com câncer. Watson é uma plataforma em nuvem, de computação cognitiva, que auxiliará a equipe médica na identificação de tratamentos customizados com base no perfil de cada paciente. Responsável por disponibilizar todas as informações clínicas dos pacientes diagnosticados, o sistema também auxilia na análise do histórico de resultados dos exames.

Inteligência Artificial Watson da IBM

O Watson for Oncology é treinado pelo Memorial Sloan Kettering Center (MSK), um dos mais importantes centros de estudos sobre câncer do mundo. Desta forma, a inteligencia artificial utiliza evidências atualizadas mensalmente e classificadas por nível de relevância por oncologistas de diversos países. Segundo a IBM, já foram processados e analisados mais de 15 milhões de conteúdos científicos.

Com todo este poder de análise de conhecimento, o Watson informará a importância de cada procedimento para cada caso clínico, auxiliando os médicos com recomendações de medicamentos e opções de tratamento, com base em evidências científicas mundiais.

O executivo de vendas da IBM Watson Health no Brasil, Eduardo Cipriani explicou que “A intenção é que o Watson for Oncology democratize o acesso ao crescente conhecimento sobre câncer disponível atualmente. Para nós, é uma honra trabalhar com organizações de saúde, como o Hospital do Câncer Mãe de Deus, para empoderar os oncologistas e tornar a medicina mais participativa“.

O diretor do Hospital do Câncer Mãe de Deus, Dr. Carlos Barrios também comemorou a iniciativa do projeto afirmando que “um dos propósitos do Hospital do Câncer Mãe de Deus é oferecer para os seus pacientes toda a gama possível de alternativas de tratamento. O Watson for Oncology integra-se ao trabalho de nossos oncologistas, possibilitando maior acesso à informação curada e qualificando as decisões dos médicos”.

Um benefício do trabalho realizado com a plataforma de computação cognitiva é que sua base de dados pode ser expandida continuamente com novas evidências científicas, permitindo ao corpo médico uma constante atualização sobre trabalhos relevantes desenvolvidos ao redor do mundo. Diante disso, a inteligência artificial da IBM para o tratamento de pacientes com câncer, aplicada pela primeira vez em um hospital brasileiro, abre caminhos para o desenvolvimento de novas soluções aos pacientes.

Continuar lendo
Murilo Lima

Criador e editor-chefe do Geek Café. Administrador entusiasta de novas mídias, inovação e mentes fora da caixa.

Deixe seu comentário!

Mais em Tecnologia

Publicidade

Artigos mais vistos

Publicidade
To Top