Taxibeat – A Transformação do serviço de Táxi

Publieditorial

Taxibeat – A Transformação do serviço de Táxi

No mês passado uma nova resolução (a 432) do Contran – Conselho Nacional de Transito – tornou a Lei Seca do Trânsito ainda mais rigorosa. Além de criar mecanismos que tornaram ineficiente a negativa de se soprar o bafômetro, a lei baixou ainda mais a tolerância – que agora equivale à margem de erro do aparelho-, ou seja, a tolerância de álcool no sangue para os condutores agora é de zero.

Ou seja, a partir de agora aqueles que gostam de sair para se divertir não tem alternativa – embora a tolerância possa ser contestada, a razão é, sim, justa: a segurança própria e dos demais – a não ser fazer como a Angélica e ir de táxi.

O engraçado é que há alguns anos isso não seria um problema para nós, nerds. Afinal, dirigir (que implica em sair de casa) e beber (para muitos dos nossos) não seriam sequer possibilidades. Estaríamos todos recolhidos em um porão jogando Vampiro: A Máscara ou assistindo a trilogia Star Wars pela 29854º vez.

Porém, os tempos mudaram, nos tornamos mais “descolados” e muito até querem ser como nós. Mas, nesta hype, também adquirimos alguns costumes mais populares como exibir nossas camisetas de super-heróis, Ficção Científica e Bazinga! em barzinhos e baladas, na companhia de amigos e bons drinks.

Com a ideia de que beber e dirigir não combinam, temos outro problema: Os táxis. Onde achar um ponto? Como chamar um? Cansamos de ver nos filmes que eles nunca param ou sequer aparecem quando precisamos deles e na vida real não é diferente, não é mesmo?

Tendo isto em vista, resolveremos esse problema como resolvemos muitos outros com o melhor aplicativo para chamar taxi. Afinal, antes de ir ao cinema você confirma os horários pelo aplicativo da exibidora, antes de ir a um restaurante você lê as dicas no Foursquare ou em outro aplicativo, logo, não faz sentido não usar a informação a seu favor também no trajeto.

O Taxibeat permite que você saiba quais são os taxis disponíveis (incluindo o modelo dos veículos) e a avaliação dos clientes do serviço de um determinado taxista. Após chamar o taxi, você poderá acompanhar o trajeto dele até o local onde você está esperando e ainda poderá inserir a sua própria avaliação para colaborar com os demais usuários.

Ou seja, todas as informações nas pontas de seus dedos para evitar o sufoco (ou mesmo acidentes e problemas com a polícia…) na hora de sair de casa.

*Esse post foi patrocinado pela Taxibeat.

Continuar lendo
Artigos relacionados:
Comments
Publicidade

Artigos mais vistos

Publicidade
To Top